Novidades
Início / A - ESTUDOS DA SEMANA / Adolescentes: Lição 03 – Eu Vejo, Eu Ouço, Eu Sei – 13 a 20 de Abril 2019

Adolescentes: Lição 03 – Eu Vejo, Eu Ouço, Eu Sei – 13 a 20 de Abril 2019

image_pdfFazer Downloadimage_printImprimir

 



TEXTO CHAVE

“Disse o Senhor: ‘De fato tenho visto a opressão sobre o Meu povo no Egito, tenho escutado o seu clamor, por causa dos seus feitores, e sei quanto eles estão sofrendo’” (Êxodo 3:7).


SÁBADO A TARDE – 13 DE ABRIL 2019 – INTRODUÇÃO

A história do chamado de Moisés e a promessa de Deus de livramento nos revelam a compaixão de Deus, Seus métodos de salvação, e a humildade requerida para ser um servo de Deus. Começando com a compaixão divina, percebemos que Ele é o Deus que pode ver, ouvir e conhecer a dor de Seu povo. Muitas vezes, o povo de Deus, mesmo Seus heróis na Bíblia, clamaram, perguntando se Ele conhecia seus problemas. Mas temos a certeza de que Deus sabe tudo o que acontece. Ele Se interessa até pelo fato de um pardal cair do ninho (Mateus 10:29).

Mas a compaixão de Deus não apenas percebe o que está errado; a dor em Seu próprio coração O compele a agir. As maneiras pelas quais Deus age nem sempre são fáceis de discernir. Seu livramento vem de muitas formas. Algumas vezes pode não ser da maneira que desejamos, mas podemos estar certos de que Deus está sempre agindo para o nosso bem.

Moisés tentou livrar os judeus ao matar um homem, mas esse não era o modo de Deus. A única maneira pela qual podemos ajudar a Deus é fazendo o que Ele pede de nós. Mas isso requer humildade. Devemos confiar que Seu método de livramento é melhor; devemos confiar em Sua salvação.


DOMINGO, 14 DE ABRIL 2019 – ESTUDANDO E APLICANDO A HISTÓRIA

Moisés tem uma história impressionante. Ele nasceu num período difícil, quando o faraó havia ordenado que todos os meninos hebreus que nascessem deveriam ser lançados no rio Nilo. Deus poupou a vida de Moisés de uma maneira grandiosa. Até os 12 anos foilhe permitido ser criado por sua verdadeira mãe, uma hebreia. Depois, ele foi conduzido ao palácio, onde viveu como filho adotivo da filha do faraó, desfrutando todas as vantagens de fazer parte de uma família real. Aos 40 anos sua vida passou por uma reviravolta. Mas então ele começou a entender o plano de Deus e o papel que ele ia desempenhar em tudo isso. Leia o texto em sua Bíblia que está em Êxodo 2:11-15, 23-25; 3:1-12. Depois, faça as atividades sugeridas.

Sublinhe as partes da história que são fundamentais.

Marque os aspectos ou detalhes da história que são novos para você.

Circule as palavras ou frases que captam melhor a variedade de emoções desta história.

Identifique a razão por que Deus Se preocupa com os israelitas e destaque as promessas que Ele faz a eles.

Qual a lição central desta história?

Como você resumiria esta história?

Existe alguma coisa da qual você queira ser resgatado ou ajudado por Deus – de um mau hábito ou de alguém que está tratando você mal? Se existe, ore agora por Sua ajuda e reivindique a promessa que Ele deu a Moisés: “Eu estarei com você; Eu te resgatarei”, e lembre-se: Ele vê, Ele ouve, Ele sabe.


SEGUNDA-FEIRA, 15 DE ABRIL 2019

Leia o Texto-Chave e pense sobre o que Deus quer dizer quando Ele fala que conhece nossos sofrimentos.

A revelação do caráter de Deus na história desta semana é a de um ser intimamente consciente da dor e sofrimento dos homens, mulheres e crianças. O concerto de Deus é estabelecido pelo clamor e agonia do povo de Israel nas mãos de seus opressores. Essa dor por parte dos israelitas, e a crueldade por parte dos egípcios, despertam o desejo de Deus por justiça. O desejo de Deus para pôr em ordem relacionamentos injustos é evidente ao longo da Bíblia.

Pense no ensino de Cristo sobre os ricos obterem vantagem por meio da corrupção, ou pense em Seu Sermão do Monte, ou em Seu tratamento para com aqueles considerados impuros, ou em Seu ensino sobre o relacionamento que o marido deve ter para com a esposa. O que causa maior dor a Deus é alguém tratar os outros como se tivessem menos valor do que eles mesmos. O maior motivo para a compaixão de Deus é a visão do oprimido. Nossas tristezas hoje são suficientes para levar Deus a sentir compaixão por nós. Nossa opressão nas mãos do inimigo é a razão pela qual Ele deseja nos libertar.

Leia o Salmo 91:15 e complete os espaços em branco: “Ele clamará a Mim, e Eu lhe darei_______ , e na______  estarei com ele; vou livrá-lo e cobri-lo de________ .” Esta é a promessa de Deus para você também!


TERÇA-FEIRA, 16 DE ABRIL 2019 – VOCÊ SABIA?

• Os israelitas haviam estado cativos no Egito por mais de 400 anos. Eles haviam se tornado escravos por causa de uma mudança na liderança. Infelizmente, um novo governante que não conheceu José (Êxodo 1:8) começou a escravidão de seus parentes e descendentes.

• De acordo com o Comentário Bíblico Adventista, v. 1, p. 535: “Moisés passou a juventude sob o cuidado de tutores reais, que lhe ensinaram ‘toda a ciência dos egípcios’ (Atos 7:22). Uma parte de sua educação recebeu dos sacerdotes e a outra, de comandantes militares. Esse era o treinamento dado a príncipes. […] Contudo, ele não se tornou um egípcio de coração. Sua aparência exterior, o modo de se vestir e de falar e o comportamento podem ter sido egípcios, mas ele permaneceu hebreu em caráter, religião e lealdade.”

• Não é à toa que a Bíblia se refere assim a Moisés, ao registrar seu nome na galeria dos heróis da fé: “Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo. Por amor de Cristo, considerou sua desonra uma riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa. Pela fé saiu do Egito, não temendo a ira do rei, e perseverou, porque via Aquele que é invisível” (Hebreus 11:25-27).


QUARTA-FEIRA, 17 DE ABRIL 2019 – VERSOS DE IMPACTOS

Isaías 59:1

Mateus 5:4

Salmo 146:5, 7-9

Leia e marque em sua Bíblia os Versos de Impacto desta semana. Um dos textos fala de Deus ajudando o faminto e o preso, outro fala sobre Ele nos libertar dos pecados e outro fala de Deus simplesmente confortar aqueles que choram. Deus não faz sempre a mesma coisa para cada pessoa. Ele nos trata individualmente. Que texto fala mais a você neste momento? Por quê? Reivindique esse texto em oração e encontre um modo para vivê-lo hoje.

Deus está agindo para que o nosso livramento do pecado seja completo. Ao enviar Seu Filho, o processo se tornou irreversível. Se aceitarmos a salvação por meio de Jesus Cristo, viveremos para sempre com Ele. Reflita sobre esta promessa: “O Senhor me livrará de toda obra maligna e me levará a salvo para o Seu reino celestial” (2 Timóteo 4:18).


QUINTA-FEIRA, 18 DE ABRIL 2019 – FLASH

“Não era a vontade de Deus libertar Seu povo por meio da guerra, como Moisés pensava, mas por Seu grande poder, para que a glória fosse dada a Ele somente. […] Na escola da abnegação e das dificuldades, [Moisés] deveria aprender a exercer a paciência e a controlar seus instintos. Seu coração deveria estar completamente em harmonia com Deus, antes de ensinar o conhecimento de Sua vontade a Israel e demonstrar um cuidado paternal sobre todos aqueles que necessitassem de auxílio’” (Os Escolhidos, p. 149).

Algumas vezes, não é fácil acreditar em Deus, especialmente quando queremos fazer as coisas do nosso jeito. Na história desta semana, Moisés quis resgatar os israelitas, mas ele foi à frente de Deus. Deus teve que tornar Moisés humilde, ensinando-o a cuidar de ovelhas no deserto por 40 anos! Você se lembra das vezes em que quis fazer as coisas do seu jeito, sem consultar a Deus sobre Sua vontade? É necessário ter humildade para fazer do jeito de Deus?

Leia o capítulo 22 de Os Escolhidos e observe se há algum paralelo entre a história da redenção dos israelitas e a história de Jesus e sua redenção. Note a semelhança entre Moisés e Jesus: ambos foram pastores (de ovelhas ou de pessoas); Jesus passou 40 dias no deserto e Moisés passou 40 anos. Depois de refletir sobre isso, agradeça a Deus por Ele ser o mesmo hoje, assim como Ele foi ontem e será para sempre um Deus que ama a ponto de salvar pessoas.


SEXTA-FEIRA, 19 DE ABRIL 2019

O livro do Êxodo narra a incrível história da saída do povo de Israel do Egito. E êxodo quer dizer exatamente isto: “caminho de saída”. Moisés, autor do livro, relata como Deus interveio e proveu o livramento miraculoso de Seu povo. Ao longo de toda a narrativa, estas três promessas são reforçadas por Deus:

1. Eu vejo, Eu ouço, Eu sei!

2. Certamente estarei com você!

3. Tirarei você do Egito; Eu o libertarei!

Hoje, as mesmas promessas são repetidas para nós. Mas, para que elas se cumpram, Deus exige apenas uma coisa de nós: confiar e obedecer.

Deus é exatamente o mesmo que Ele foi nos dias de Moisés, e Suas promessas a nós, a cada um de nós, também são as mesmas. Cristo repetiu cada uma dessas promessas a nós. Nem mesmo a oposição da maior nação da Terra no tempo de Moisés pôde impedir que Deus cumprisse Seu plano em relação ao povo de Israel. E nada, nem ninguém, poderá impedir que Ele cumpra Seus planos em nossa vida. Por isso, vamos viver com espírito de gratidão e devoção, enquanto aguardamos com esperança o livramento completo de Deus.

sobre Portal da Escola Sabatina Online

O Portal da Escola Sabatina Online, Foi criado no dia 31 de Dezembro 2016 com o único intuito é incentivar a todos interessados a estudarem a LES e lhe concedendo a oportunidade de terem acessos diariamente pela via online. Todos os conteúdos do Portal é extremamente de máxima qualidade! Direção: Thiago A. de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique

Comentários da CPB: Lição 04 – Como Lidar com a Solidão – 20 a 27 de Abril 2019

Fazer DownloadImprimir  Autor: Moisés Mattos Editor: André Oliveira Santos: andre.oliveira@cpb.com.br Revisora: Josiéli Nóbrega Introdução: Nesta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Portal da Escola Sabatina Online

Seja Bem-Vindo(a), Estude diariamente as Lições da Escola sabatina da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

× Fale Conosco!