Novidades
Início / LIÇÃO ADOLESCENTES - 2° TRIMESTRE 2018 / Adolescentes: Lição 06 – Sentindo Compaixão – 05 a 12 de Maio 2018

Adolescentes: Lição 06 – Sentindo Compaixão – 05 a 12 de Maio 2018

Print Friendly, PDF & Email

 

 



TEXTO CHAVE

“Por isso, mesmo tendo em Cristo plena liberdade para mandar que você cumpra o seu dever, prefiro fazer um apelo com base no amor” (Filemom 1:8, 9).


SÁBADO Á TARDE – 05 DE MAIO 2018 – INTRODUÇÃO

A vida cristã não é uma jornada fácil. Na verdade, a vida em geral pode ser muito dura. Mas o consolo está em saber que Deus não nos criou para enfrentarmos a vida sozinhos. Fomos criados como seres sociáveis e a compaixão é um dos componentes essenciais para superarmos os desafios da vida. Em Colossenses 3:12, Paulo escreveu: “Portanto, como povo escolhido de Deus, santo e amado, revistam-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência.”

Sentir compaixão significa demonstrar profunda empatia pelo sofrimento de outras pessoas e fazer tudo para ajudar. Como seguidores e imitadores de Cristo, precisamos agir com misericórdia e piedade, mesmo com aqueles que alguma vez já nos prejudicaram. Isso não quer dizer que iremos permitir que a injustiça prevaleça. Mas, ao nos depararmos com o arrependimento sincero, devemos agir com compaixão e espírito perdoador, procurando, sempre que possível, restaurar o relacionamento.

A lição desta semana conta a história de Onésimo, um escravo fugitivo, e como Paulo, sentindo compaixão, intercedeu para restabelecer o relacionamento entre ele e seu senhor. Compaixão é um sentimento prático!


DOMINGO, 06 DE MAIO 2018 – ESTUDANDO E APLICANDO A HISTÓRIA

Compadecer-se quer dizer carregar o fardo uns dos outros. Foi esse sentimento que levou Paulo a fazer algo para ajudar Onésimo. Leia em sua Bíblia as emocionantes palavras da carta escrita a Filemom. É um livro bem curtinho, mas cheio de significado. Depois, responda às perguntas a seguir:

O que Filemom era de Onésimo? Que características Paulo atribui a cada um desses homens?

O que Paulo está pedindo? Que garantia ele ofereceu? Por que você acha que ele foi movido a tão prontamente dar tais garantias?

Coloque-se no lugar de Filemom. Qual seria sua resposta? Explique.

Em uma frase resuma o pensamento central do texto bíblico. Partilhe com a classe por que você fez essa declaração.


SEGUNDA, 07 DE MAIO 2018

Leia o Texto-Chave desta semana, que se encontra em Filemom 1:8, 9. É possível perceber o amor e a preocupação de Paulo tanto por Onésimo como por Filemom. O Comentário Bíblico Adventista [vol. 7, p. 406, 407] diz o seguinte a respeito dessa experiência.

“A posição de Paulo como apóstolo e como pai de Filemom, na fé, pressupõe a autoridade com que ele poderia ter ordenado que Filemom aceitasse Onésimo como irmão em Cristo. Não havia nenhuma dúvida na mente de Paulo de que Filemom teria respondido a toda orientação que lhe fosse dada por um apóstolo de elevada autoridade. *Mas Paulo conhecia uma forma melhor. […] Como um talentoso líder, Paulo não deu ordens. Ao apresentar a necessidade e o objetivo a ser alcançado, ele sempre apelou pelos motivos nobres a que um cristão genuíno iria responder. Desafiados à resposta mais nobre, os colaboradores de Paulo poriam todas as forças em ação para satisfazer as expectativas do apóstolo. Assim, Filemon teve a oportunidade de servir, em vez de ter apenas a ocasião para responder a um pedido.”

Manifestar sabedoria ao dar conselhos era uma das características de Paulo. Leia o que ele escreveu na carta aos Colossenses [3:12] e complete os espaços em branco. Esse também é um bom conselho para todos nós: “Portanto, como povo ________ de Deus, santo e _________, revistam-se de profunda _________, bondade, _________ mansidão e ________.”


TERÇA, 08 DE MAIO 2018 – VOCÊ SABIA?

[Informações extraídas do CBA, vol. 7, p. 401- 411.]

• Esta carta de Paulo tem uma característica única dentro da Bíblia, pois lida apenas com um problema doméstico: a relação entre um senhor cristão e um escravo fugitivo, mas arrependido. Não é como as outras que apresentam doutrinas ou advertências para os membros da igreja. Ainda assim, há nela vários princípios básicos do cristianismo aplicáveis à vida diária.

• No império Romano, na época de Paulo, os escravos faziam parte da estrutura social e eram considerados membros da família de seu senhor. Entre os anos de 146 a.C. e 235 d.C, estimava-se que a proporção de escravos para as pessoas livres teria sido de três por um.

• A condição de um escravo poderia ser muito cruel. No direito romano, o senhor possuía poder absoluto de vida e morte sobre seus escravos. O escravo não poderia ter propriedade. Tudo que ele tinha pertencia a seu senhor.

• Se um senhor fosse acusado de um crime, ele poderia oferecer seu escravo para ser interrogado, sob tortura, em seu lugar. Muitas vezes, a punição pela fuga era morte, por vezes, por crucifixão, ou por ser tirado às lampreias vorazes em um aquário.

• O cristianismo ajudou a melhorar as condições dos escravos. Havia várias maneiras de o senhor dar a alforria ou libertação a seu escravo. Poderia ser por meio de uma carta, ao tornar o escravo guardião dos próprios filhos ou ao colocar na sua cabeça o pileus, o chapéu da liberdade.

• Paulo assumiu a responsabilidade por Onésimo e se ofereceu para pagar sua dívida para com Filemom. Ele não queria que nada impedisse a reconciliação do escravo com seu senhor.


QUARTA, 09 DE MAIO 2018 – VERSOS DE IMPACTO

Romanos 12:15
Efésios 4:32
Filipenses 2:1- 4

Leia e marque em sua Bíblia os Versos de Impacto desta semana. Esses textos devem nos ajudar a refletir sobre o mundo como devemos nos relacionar com as pessoas à nossa volta.

De acordo com o texto de Romanos 12:15, de que maneiras você pode demonstrar compaixão a uma pessoa totalmente estranha?
________________________________

O que o texto de Efésios 4 32 diz que devemos fazer?

Como o mundo seria diferente hoje se mais pessoas tivessem compaixão umas pelas outras e colocassem em prática o texto de Filipenses 2:1- 4?
________________________________


QUINTA, 10 DE MAIO 2018 – FLASH

“Entre os que entregaram o coração a Deus em Roma estava Onésimo, um escravo pagão que havia ofendido seu mestre, Filemom, um cristão de Colosso, e tinha escapado para Roma. Com seu coração bondoso, Paulo tentou aliviar as necessidades do pobre e então trabalhou para trazer a luz da verdade à sua mente obscurecida. Onésimo ouviu a pregação, confessou seus pecados e se converteu a Cristo” (Os Embaixadores, p. 212, 213).

O capítulo 43 do livro Os Embaixadores [Atos dos Apóstolos na linguagem de hoje] dá mais alguns detalhes importantes sobre a história de Onésimo. Paulo ficou sensibilizado com a situação do escravo. Agora convertido, “viu que ele poderia ser um ajudante útil na obra missionária e o aconselhou a retornar imediatamente a Filemom, implorar seu perdão e planejar o futuro. […] O apóstolo se ofereceu para pagar a dívida de Onésimo, a fim de poupar o culpado da desgraça do castigo. […] Que ilustração apropriada do amor de Cristo!” (Os Embaixadores, p. 213).

Paulo havia experimentado a graça do perdão de Jesus e se tornado um instrumento para a salvação de Filemom. Seu apelo era para que Onésimo também recebesse essa graça, pelos méritos de Jesus, e por meio do perdão de seu senhor. Ao que tudo indica, Filemom atendeu as palavras do apóstolo.


SEXTA, 11 DE MAIO 2018 – LEITURAS DA  SEMANA

Paulo estava vivendo uma prisão domiciliar em Roma quando conheceu Onésimo. Provavelmente o rapaz havia fugido de seu senhor porque estava insatisfeito com sua condição de escravo. Roma era uma cidade grande e ele pensou que ali poderia esconder seu passado. No entanto, a misericórdia de Deus o alcançou e ele foi conduzido à presença de Paulo.

Como sempre fazia aqueles com quem entrava em contato, o apóstolo manifestou grande compaixão por Onésimo. Viu nele um filho de Deus, não um escravo. Ao interceder por ele junto a Filemom, *Paulo enfatizou o poder divino de transformar situações ruins em bênçãos para todos os envolvidos.* Agora Onésimo poderia se tornar verdadeiramente útil a Filemom. Como irmãos em Cristo, ambos deveriam prosseguir na missão de servir ao grande Mestre.

A compaixão e o amor de Paulo em relação a Onésimo e a Filemom demonstraram que “a despeito das falhas e dos fracassos humanos, o Senhor pode cumprir Seus benditos propósitos para com aqueles que o servem” [CBA, vol. 7, p. 409].

Que essa característica seja percebida também em nossa vida. Que sejamos compassivos e amorosos, aliviando o fardo daqueles que estão a nossa volta, como verdadeiros cristãos que servem e teme a Deus!

*LEITURA DA SEMANA*

• Os Embaixadores
capítulo 43

*COM*
*SORTUO*
*OLHOS*

“Quando recebemos real conforto e consolo? É quando alguém nos ensina como pensar ou agir? É quando recebemos conselhos sobre onde ir ou o que fazer? É quando ouvimos palavras de confiança e esperança? Algumas vezes, talvez. Mas o que realmente conta é quando em momentos de dor e sofrimento alguém fica conosco. Mais importante que qualquer ação particular ou palavra de conselho é a simples presença de alguém que se importa.” – Henri Nouwen

Comentários do Facebook

sobre Portal da Escola Sabatina Online

O Portal da Escola Sabatina Online, Foi criado no dia 31 de Dezembro 2016 com o único intuito é incentivar a todos interessados a estudarem a LES e lhe concedendo a oportunidade de terem acessos diariamente pela via online. Todos os conteúdos do Portal é extremamente de máxima qualidade! Whatsapp: (027) 99777-2514 - Thiago Oliveira

Além disso, verifique

Informativo das Missões (Crianças): A Perseverança de Soyloo – 18 de Agosto 2018

  Soyloo vive na Mongólia [localizar no mapa] e visitou a Igreja Adventista do Sétimo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco!!