Novidades
Início / LIÇÃO ADOLESCENTES - 1° TRIMESTRE 2018 / Adolescentes: Lição 12 – Não perca a Esperança! – 17 á 24 de Março 2018

Adolescentes: Lição 12 – Não perca a Esperança! – 17 á 24 de Março 2018

Print Friendly, PDF & Email

 

 



TEXTO CHAVE

“Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que estivermos vivos seremos arrebatados com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos com o Senhor para sempre” (1 Tessalonicenses 4:16, 17).


SÁBADO Á TARDE – 17 DE MARÇO 2018 – INTRODUÇÃO

Paulo recebeu uma missão difícil. Foi enviado para ensinar aos gentios – pessoas que não conheciam a Deus – a respeito de Jesus e de Seu sacrifício. Sua responsabilidade era revelar o caráter de Jesus de tal maneira que eles pudessem compreender. Precisou alimentar os bebês na fé com “leite” e os mais maduros com “alimento sólido”. Precisou reprovar os comportamentos errados e ao mesmo tempo animar as pessoas na fé e atender às necessidades de todos com quem se encontrava. Certamente, não foi uma tarefa fácil!

Também temos desafios hoje. Pode ser que ao ouvirmos repetidamente as boas-novas do evangelho seu efeito perca a força. Muitos de nós não nos damos conta do que as promessas de Deus realmente significam para a nossa vida. Muitos de nós nascemos ouvindo que Jesus voltaria, mas fracassamos em perceber o que a vida seria sem essa esperança. Na verdade, não lhe damos o devido valor.

Ao avaliarmos o que Deus realmente está nos prometendo, obteremos uma nova percepção de nossa responsabilidade em relação à vida espiritual do nosso próximo. O ato de servir torna-se essencial em nossa vida e percebemos que a maneira com que representamos a Deus causa um profundo impacto na vida dos não cristãos ou dos “bebês” na fé.


DOMINGO, 18 DE MARÇO 2018 – ESTUDANDO E APLICANDO A HISTÓRIA

Paulo era como um pai espiritual para os novos crentes. Como não podia estar sempre com eles, o apóstolo se preocupava em aconselhá-los e mantê-los firmes na fé. O texto desta semana faz parte da carta que ele escreveu aos cristãos em Tessalônica. Leia em sua Bíblia 1 Tessalonicenses 4 e depois responda às perguntas a seguir:

Qual é a razão para a carta de Paulo?

Que coisas Paulo encoraja os tessalonicenses a fazerem em seu crescimento espiritual?

Por que você acha que a explicação de Paulo sobre o que acontecerá por ocasião da segunda vinda foi tão importante para aquelas pessoas?

Como ter conhecimento dessa informação afetou a vida deles em um nível pessoal? Como eles passaram a enxergar as coisas?

Como pode esse conhecimento ter mudado a forma que eles se sentiam? Como isso os encorajou?

Se você não tivesse esperança da ressurreição em Jesus, como isso mudaria sua visão da vida?


SEGUNDA, 19 DE MARÇO 2018 

Leia o Texto-Chave desta semana, que se encontra em 1 Tessalonicenses 4:16, 17.

Paulo se preocupou com os conversos de Tessalônica porque percebeu que eles estavam desenvolvendo ideias erradas a respeito da vinda de Jesus. Alguns pensavam que Jesus voltaria em sua época e temiam que aqueles que morressem antes desse grande evento não herdariam a vida eterna. Outros achavam que não deviam mais trabalhar e apenas aguardar o retorno de Jesus. O apóstolo precisava desfazer esses mal-entendidos. Por isso, resolveu escrever aos tessalonicenses, alertando-os a respeito das coisas que aconteceriam antes da volta de Jesus.

No trecho da carta que estamos estudando esta semana, Paulo dá orientações aos cristãos sobre o tipo de comportamento que eles deveriam ter em vários aspectos da vida. Também esclareceu como aconteceria a volta de Jesus e como se daria a ressurreição daqueles que haviam morrido crendo em Cristo.

De acordo com o Comentário Bíblico Adventista (v. 6, p. 249), no verso 16, “é descrita a aparição do Senhor, pessoal, visível e corporal, com grande majestade. Cristo não enviará um substituto, nem virá espiritualmente. Ele virá pessoalmente”. Os cristãos de Tessalônica não deveriam se preocupar com a questão da volta de Jesus. Tudo aconteceria no tempo e da forma certa. Enquanto isso, eles deveriam viver como verdadeiros filhos de Deus.

Fazemos parte da geração que está mais próxima desse maravilhoso evento. Responda sinceramente: Você aguarda com ansiedade a volta de Jesus? Leia o texto de 2 Coríntios 3:12 e complete o verso: “Portanto, visto que temos tal , mostramos muita .”


TERÇA, 20 DE MARÇO 2018 – VOCÊ SABIA?

  • Paulo se sentia responsável pelas igrejas que eram estabelecidas nas cidades por onde ele havia estado. A maneira de manter contato e continuar ensinando era por meio das cartas.
  • A preocupação dos tessalonicenses com respeito à condição dos mortos por ocasião da volta de Jesus foi desfeita quando leram a carta de Paulo explicando o que aconteceria. Eles ficaram repletos de esperança e alegria por causa da mensagem.
  • A segunda carta aos tessalonicenses foi escrita com a intenção de corrigir alguns equívocos de interpretação da parte deles. Paulo foi claro ao afirmar que ainda aconteceriam coisas importantes, preditas pelas profecias, antes do retorno de Jesus. Ele mencionou a apostasia e a vinda daquele que tentaria ocupar o lugar de Cristo, ou seja, o anticristo.
  • Arcanjo quer dizer “o líder [archi] dos anjos” [aggelos]. Essa expressão só existe no singular e se refere a Miguel, que é identificado na Bíblia com Jesus.
  • No Antigo Testamento as trombetas estavam relacionadas com importantes intervenções divinas. Eram usadas também para reunir o povo de Deus.
  • Paulo aconselhou os tessalonicenses a não desprezarem as profecias. Se estudassem as Escrituras e estivessem atentos ao que estava acontecendo à volta deles, reconheceriam os sinais.

QUARTA, 21 DE MARÇO 2018 – VERSOS  DE IMPACTO

Atos 24:15, 16

Romanos 8:24

Provérbios 23:18

Leia e marque em sua Bíblia o Versos de Impacto desta semana. Observe que eles falam sobre esperança e o que ela faz em nossa vida. Qual desses versos fala mais ao seu coração?

Algumas vezes, ouvimos tanto sobre a segunda vinda de Jesus que deixamos de perceber sua importância. Sim, eu sei, nós já sabemos. Jesus está voltando… Mas pense sobre isso hoje. E se Jesus não estivesse voltando? E se a morte fosse o fim de tudo?

E se nós nunca mais víssemos nossos queridos novamente? E se, depois que eles partissem, tivéssemos que dizer adeus para sempre? E se a morte fosse absolutamente o ponto final, e sua vida na Terra não tivesse significado algum além dos poucos anos que você gastou aqui?

Não devemos simplesmente nos acostumar com a mensagem da volta de Jesus. Precisamos vivê-la! É a esperança do encontro com Cristo que nos dá a coragem de avançar e ir além do que imaginamos ser capazes. Hoje, valorize a esperança. Tome suas decisões e faça suas escolhas tendo como base a maior notícia de todos os tempos: está muito perto de Jesus voltar!


QUINTA, 22 DE MARÇO 2018 – FLASH

“[Paulo] explicou posteriormente: ‘Dei-lhes leite, e não alimento sólido, pois vocês não estavam em condições de recebê-lo. De fato, vocês ainda não estão em condições’ (1Co 3:2). Muitos cristãos coríntios tinham demorado para aprender. Seu crescimento no conhecimento espiritual não havia estado à altura das oportunidades que tiveram. […] Não passavam de crianças no conhecimento de Cristo” (Os Embaixadores, p. 128).

Leia os capítulos 25 e 26 do livro Os Embaixadores para ter uma ideia dos desafios que Paulo e outros apóstolos enfrentaram e como o Espírito Santo conduziu as coisas para que a igreja continuasse crescendo.

Ellen White explica como Paulo precisou adaptar sua pregação para alcançar pessoas de diferentes níveis espirituais. Os coríntios eram bebês cristãos e eles precisavam de uma abordagem diferente daquela que cristãos maduros precisariam. Paulo disse que eles ainda precisavam de leite. Isso não significava que eles tivessem menor valor ou fossem uma classe mais baixa. Nós não achamos que os bebês são menos importantes; na verdade, lhes damos mais atenção porque eles são tão vulneráveis!

Você leva em conta o nível de interesse espiritual de seus amigos quando fala com eles sobre sua vida com Deus? Você se consideraria um cristão maduro? O que você acha que pode fazer para crescer em sua experiência espiritual?


SEXTA, 23 DE MARÇO 2018 – LEITURA DA SEMANA

Paulo ensinou aos novos cristãos de Tessalônica e de Corinto importantes lições a respeito da vida cristã e da esperança na volta de Jesus. Cada um de nós encontra-se num nível diferente em seu relacionamento com Jesus. Estar no início não significa que a pessoa seja menos importante ou menos amada, mas nos dá a responsabilidade de animarmos e apoiarmos essa pessoa.

Às vezes somos rápidos em julgar o próximo por suas ações ou atitudes, mas se lembrarmos que podem estar em um nível diferente de compreensão ou em um estágio diferente em seu relacionamento com Deus, poderemos ser mais pacientes e lidar com essas pessoas de outra forma.

É muito confortante saber que Jesus está voltando e que a dor e a tristeza deste mundo não durarão para sempre. Apegue-se a essa esperança! E, enquanto aguarda o sonho se tornar realidade, faça como Paulo: procure atender as pessoas em suas necessidades. Alguns podem precisar apenas de um sorriso. Outros podem precisar de atenção e uma conversa honesta e amigável. Outros podem precisar de uma simples e quentinha refeição ou um casaco usado. Aproveite toda e qualquer oportunidade para servir e falar de Jesus.

Leitura da Semana

Os Embaixadores, capítulos 25, 26

Facebook Comments

sobre Escola Sabatina

Além disso, verifique

Síntese da Lição: Lição 13 – A Volta do Nosso Senhor Jesus – 23 a 30 de Junho 2018

    SÁBADO: A volta de Cristo não é uma esperança ilusória, mas uma promessa …

um comentário

  1. Vcs poderiam colocar a explicação pois as vezes a gente não entende, ou pelo menos eu né!! Mais mesmo assim tá +/-.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco!