Novidades
Início / COMENTÁRIOS PARA ADOLESCENTES - 4° TRIMESTRE 2018 / Comentários para Adolescentes: Lição 10 – O Tempo de Angústia – 01 a 08 de Dezembro 2018

Comentários para Adolescentes: Lição 10 – O Tempo de Angústia – 01 a 08 de Dezembro 2018

Print Friendly, PDF & Email

 



SÁBADO A TARDE – 01 DE DEZEMBRO 2018 – O TEMPO DE ANGÚSTIA

“Naquela ocasião, Miguel o grande príncipe que protege o Seu povo, Se levantará. Haverá um tempo de angústia como nunca houve desde o início das nações até então. Mas naquela ocasião o Seu povo, todo aquele cujo nome está escrito no livro, será liberto.” Daniel 12:1

Angústia significa ansiedade, medo, insegurança, e algumas vezes esses sentimentos vem acompanhados de dor física e desequilíbrio emocional. Em alguns casos a angústia gera depressão e se torna necessário acompanhamento médico incluindo o uso de medicamentos.

Quando eu era criança, meus irmãos e eu enfrentamos algumas situações que me fizeram sentir muita angústia. Por ter um pai alcoólatra, nós nunca sabíamos qual seria o comportamento dele quando voltasse pra casa e sempre nos preparávamos para o pior.
Toda expectativa por essa situação, gerava uma angústia tão grande que doía no peito.

Na realidade era um misto de medo e tristeza. Tínhamos o desejo intenso de que a noite passasse rapidamente, então muitas vezes ficávamos no quarto quietinhos, esperando as horas passarem. Por muitos anos sofremos com essa angústia até o dia em que meus pais se separaram. Confesso que quando ele foi embora, toda a angústia passou, a noite não trazia mais medo e o sono se tornou um verdadeiro repouso.

Esse relato me fez recordar os sentimentos que gera a angústia e posso garantir que não é nada bom! Ter certeza que algo ruim vai acontecer e não saber exatamente de que maneira acontecerá, é terrível!
Mas na história relatada na Bíblia, nós sabemos exatamente o que acontecerá neste mundo e o que precisamos fazer para passar por esse tempo de angústia sem sermos afetados espiritualmente.

Jesus nos pede, hoje, que tenhamos uma vida plena do Espírito Santo. Seu desejo é que nós O procuremos em todo momento da nossa vida para estarmos preparados para enfrentar as piores situações que provavelmente surgirão neste mundo antes da Sua volta.

Pense: “Ai de vocês que agora tem fartura, porque passarão fome.” Lucas 6:25

Decisão: Não queira experimentar os “frutos” da angústia. A partir de agora, marque um encontro diário com Cristo.


DOMINGO, 02 DE DEZEMBRO 2018 – SEGURANÇA EM JESUS

“O anjo do Senhor é sentinela ao redor daqueles que O temem, e os livra.” Salmo 34:7

A Bíblia nos conta a história de Jacó, irmão gêmeo de Esaú, filho de Isaque e Rebeca. Durante uma fuga, Jacó se encontrou com um homem e lutou com ele até o amanhecer. Jacó saiu ferido, mas com a certeza que sua vida seria conduzida por Deus até o fim dos seus dias. Enquanto Jacó não ouviu esta promessa, ele não abandonou o homem, que na realidade era um anjo do Senhor.

A partir deste momento Jacó teve seu nome mudado para Israel, que significa Homem que Vê Deus e tornou-se pai de doze filhos que resultaram nas Doze Tribos de Israel. Mesmo com alguns deslizes na vida, Jacó foi um homem precioso aos olhos do Senhor. Suportou as consequências dos seus erros, mas sempre com a confiança que Deus o estava protegendo e guiando.

Hoje, nós não lutamos com os anjos do Senhor, mas precisamos nos agarrar a Jesus que já lutou por nós e nos fez a mesma promessa feita a Jacó, que seremos abençoados e guardados por Ele por toda nossa vida. Basta nós clamarmos Sua presença santa e honrarmos Seu nome.

Apesar de vivermos tempos difíceis e sabermos que estamos na reta final deste mundo, ainda há tempo de sermos felizes se escolhermos estar aos pés de Jesus.

Pense: A Bíblia não apresenta uma solução fácil para o problema do sofrimento. Pelo contrário, o sofrimento de Cristo é o nosso exemplo.

Decisão: Leia com atenção a história de Jacó e reflita na mudança da sua vida após o encontro que ele teve com o anjo do Senhor.


SEGUNDA-FEIRA, 03 DE DEZEMBRO 2018 – PREPARAÇÃO E VITÓRIA

“Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças.” Deuteronômio 6:5

É tão bom acordar e poder ouvir, enxergar, falar, andar, enfim, estar vivo! Mas fica melhor se reconhecermos que tudo isso é um presente de Deus para nós.
Eu assisti uma entrevista com uma garota que aos quinze anos de idade se tornou paraplégica por causa de um acidente de carro. A entrevistadora fez a seguinte pergunta a ela: “O que você sentiu quando soube que nunca mais voltaria a andar?” Ela respondeu que imediatamente se lembrou dos planos que tinha para sua vida. Como a maioria das garotas ela pensava em estudar (seu sonho era se tornar médica) se casar, viajar, ter filhos e constituir uma linda família.

Mas por causa do acidente, além dos planos desfeitos ela também não passearia mais com suas amigas pelo shopping, não correria mais nas aulas de educação física, não acompanharia mais a turma nos passeios e na maioria das atividades da escola e o pior de tudo isso, seria dependente de uma cadeira de rodas pelo resto da vida. Medo, tristeza e muita lágrima a acompanharam por muito tempo.

Após um ano, durante uma sessão de fisioterapia, ela conheceu um rapaz e se tornaram amigos. Ele era treinador de corridas e a desafiou para participar de uma corrida de cadeirantes. A princípio ela disse não, pois ainda estava se acostumando a sua nova vida, além de parecer muito estranho.

Porém, com o passar do tempo e a insistência do novo amigo, ela aceitou o desafio e passou a treinar em uma cadeira especial para corredores. Depois de muito treino e dedicação vieram vitórias, medalhas e o reconhecimento do seu esforço.
Hoje, depois de superados tantos obstáculos ela é feliz com a vida e com os novos amigos. Determinação e vontade de ser feliz independente da condição física, foi o ponto de partida para a virada na vida desta menina.

Sejamos gratos ao Senhor por todas as Sua dádivas, nos fortalecendo a cada dia para estarmos preparados para qualquer momento de angústia em nossa vida.

Pense: O melhor filtro que nós podemos usar ao tomar decisões é a Palavra de Deus.”


TERÇA-FEIRA, 04 DE DEZEMBRO 2018 – FIM DOS TEMPOS

Você já pensou que este mundo um dia não vai mais existir? Se ainda não pensou, pare e pense agora. O que vêm à sua mente? Que sentimentos você tem? Medo, desespero, tristeza, ansiedade, alegria?
Neste mundo ainda existem lugares maravilhosos com a flora e a fauna preservadas, onde o homem pode interagir com a natureza sem preocupações. Tenho um casal de amigos que está em Fernando de Noronha e as fotos postadas mostram um lugar lindo com águas cristalinas e eles mergulhando com golfinhos e tartarugas gigantes, como se fossem amigos de longa data. Esse cenário tão lindo faz parte do ideal de Deus para toda a criação, mas infelizmente está se tornando extinto.
Quando conhecemos lugares assim através de fotos ou pessoalmente, é difícil imaginar que será destruído. Nós nos contentamos com o que resta da criação perfeita e a ideia de destruição nos assusta. Imaginar que nunca mais veremos o mar, os animais, as pessoas, nossos familiares é realmente algo que provoca angústia. Mas nós podemos nos sentir felizes mesmo imaginando este mundo sendo destruído. Basta conhecermos um pouco mais dos planos de Deus para toda a humanidade.
A Bíblia Sagrada nos ensina que Jesus está preparando um lugar maravilhoso, onde jamais alguém viu. E se nossos olhos ainda se deslumbram com o que vemos neste mundo, o que dizer então do que está sendo criado para nós? Precisamos acreditar que Deus deseja sempre o melhor pra nós, mesmo que seja através da destruição.
Então, quando você imaginar que este mundo será destruído, fique feliz! Não se angustie! Deus está preparando um lugar melhor e muito mais bonito e nós precisamos estar prontos para desfrutar do nosso novo lar.

Pense: ”Quando encerrar a mensagem do terceiro anjo, a misericórdia não mais pleiteará em favor dos culpados habitantes da Terra…”

Decisão: Liste 5 lugares que você gostaria de conhecer e descreva suas belezas naturais.


QUARTA-FEIRA, 05 DE DEZEMBRO 2018 – CORAGEM

“O anjo do Senhor é sentinela ao redor daqueles que O temem, e os livra.” Salmo 34:7
Você já passou por alguma situação onde sentiu muito medo e desejou estar perto dos seus pais? Há algumas pessoas na Bíblia que vivenciaram algumas situações onde sentiram medo e vontade de voltar pra casa.
José foi um deles. Quando foi vendido pelos seus irmãos ele se entristeceu com a maldade feita por eles e chorou de saudade de seu pai Jacó. Sua vontade era voltar para casa e reencontrar sua família. Mas Deus não permitiu que isso acontecesse e manteve José cativo por muito tempo.
Mas sua prisão trouxe benefícios para muitas pessoas, inclusive para sua família e o mais importante dessa história é que José se manteve fiel a Deus. Mesmo diante de tantas provações e da posição que ele alcançou no Egito, José se manteve humilde e obediente.
As lições recebidas em casa por seus pais o ajudaram a fortalecer sua fé e fez dele um homem íntegro e honesto. José foi um homem que soube o que é sentir angústia, mas foi sábio administrando sua vida sem esmorecer e no final foi grandemente honrado por Deus.
Nós também somos tentados dia a dia, passamos por provações, provocações, desafios e muitas vezes essas situações podem gerar angústia e nos afastar de Deus. Que tal nos espelhar em José e fazer a diferença por onde passarmos?
Creio que Deus está sempre conosco nos fortalecendo e nos mostrando a maneira correta de agirmos e de maneira bem carinhosa, envia seus anjos para cuidarem de nós. Não precisamos temer.

Pense: “Oh! Provai e vede que o Senhor é bom.”

Decisão: Leia a história de José. Tem alguma atitude dele que você mudaria? Se sim, por quê?


QUINTA-FEIRA, 06 DE DEZEMBRO 2018 – O TEMPO DE ANGÚSTIA DE JACÓ

“Por causa do engano praticado para adquirir a bênção de seu pai, reservada a Esaú, Jacó havia fugido, com medo das ameaças de morte feitas por seu irmão. Depois de ficar durante muitos anos longe da sua terra natal, decidiu voltar. Chegando às fronteiras da terra, encheu-se de terror com as noticias da aproximação de Esaú, certamente decidido a se vingar. A única esperança de Jacó era a misericórdia de Deus. Sua única defesa seria a oração.

Sozinho com Deus, Jacó confessou seu pecado com a mais profunda humildade. Havia chegado o momento crítico em sua vida. Na escuridão, continuou orando. De repente, percebe a mão de alguém sobre o ombro. Imaginou ser um inimigo querendo tirar a sua vida. Com toda a energia que vinha do desespero, lutou com o suposto inimigo.

Quando começou a raiar o dia, o estranho utilizou sua força sobrenatural. Jacó se sentiu que paralisado e caiu, desamparado, chorando e suplicante, sobre o pescoço de seu misterioso adversário. Percebeu então que estivera lutando com o Anjo da aliança, Cristo. Durante muito tempo Jacó havia suportado o remorso por seu pecado. Agora teve certeza de haver sido perdoado.

O Anjo insistiu: ‘Deixa-me ir, pois já rompeu o dia.’ A isso, Jacó respondeu: ‘Não Te deixarei ir, a não ser que me abençoes.’ (Gn 32:26, NVI). Jacó confessou sua fraqueza e indignidade, mas confiou na misericórdia de um Deus que cumpre Sua aliança. Através de arrependimento e humildade, esse pecador mortal foi vitorioso com a Majestade do Céu.”

Pense: Você já lutou com Deus a respeito de alguma situação específica de sua vida?

Decisão: Se você tem algum problema com alguém, confesse a Deus, ore pedindo sabedoria para resolver e em seguida fale com a pessoa.


SEXTA-FEIRA, 07 DE DEZEMBRO 2018 – ANGÚSTIA DE QUE DEUS SEJA DESONRADO

Leia o texto abaixo e reflita quais são seus medos e angústias ante o breve retorno de Cristo.

A angústia sofrida pelo povo de Deus não é medo da perseguição. Os fiéis receiam que, devido a alguma falta em si mesmos, não seja cumprida a promessa do Salvador: ‘Eu te guardarei da hora da provação que há de vir sobre o mundo inteiro.’ (Ap 3:10). Se eles se mostrassem indignos por causa de seus defeitos de caráter, o nome de Deus seria desonrado.

Eles mencionam o arrependimento de seus muitos pecados passados e reivindicam a promessa do Salvador: ‘Que os homens se apoderem da Minha força e façam paz comigo; sim, que façam paz comigo.’ (Is 27:5). Mesmo sofrendo ansiedade e angústia, não cessam as suas intercessões. Apoderem-se de Deus como Jacó se apoderou do Anjo. A fala deles é: ‘Não Te deixarei ir, a não ser que me abençoes.”

Meu desejo é que, mesmo diante das dificuldades nós tenhamos a certeza que Cristo estará sempre ao nosso lado. E que o tempo de angústia não seja para nós tempo de horror, mas sim de esperança.

Feliz Sábado!

sobre Portal da Escola Sabatina Online

O Portal da Escola Sabatina Online, Foi criado no dia 31 de Dezembro 2016 com o único intuito é incentivar a todos interessados a estudarem a LES e lhe concedendo a oportunidade de terem acessos diariamente pela via online. Todos os conteúdos do Portal é extremamente de máxima qualidade! Direção: Thiago A. de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique

Comentários para Adolescentes: Lição 11 – O Fim do Mundo – 08 a 15 de Dezembro 2018

  SÁBADO A TARDE – 08 DE DEZEMBRO 2018 – FIM? Olá amigos espero que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco!!