Novidades
Início / COMENTÁRIOS PARA ADULTOS - 3° TRIMESTRE 2018 / Comentários para Adultos: Lição 08 – Adore o Criador – 19 a 26 de Maio 2018

Comentários para Adultos: Lição 08 – Adore o Criador – 19 a 26 de Maio 2018

Print Friendly, PDF & Email

 

 



SÁBADO A TARDE – 19 DE MAIO 2018 – INTRODUÇÃO

A partir dessa lição e nas duas próximas iremos compreender e ser chamados à vigilância para discernirmos atos e atitudes que definem o tempo do fim e necessidade de preparação para esse tempo.

Esse foco que se soma aos conceitos já apreendidos no estudo deste trimestre caracteriza a concretização do conceito adventista do sétimo dia de “verdade presente”, isto é, ninguém até hoje pode afirmar que detém todo o conhecimento de toda a verdade, posto que, a verdade é tornada totalmente clara, por concessão e iluminação de Deus, no momento em que ela é totalmente necessária e que venha a ser claramente compreendida.

Razão porque nas mensagens angélicas de Apocalipse 14 o primeiro anjo traz “um evangelho eterno” dizendo: “Temei a Deus… e adorai Aquele que fez…” Ou seja, a mensagem eterna que começou sendo anunciada como uma esperança no “descendente” da mulher, revelada a Abraão numa promessa de incontável descendência e de nesta promessa tornar-se uma benção a “todas as famílias da Terra”.

A adoração conclamada pelo anúncio angelical deve ser manifestada em reverência e temor. O anjo diz “Temei a Deus e dai-Lhe glória” e continua “é chegada a hora do Seu Juízo” e finaliza “e adorai Aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas”.

Esta é uma mensagem urgente ao mundo todo, pois como aprendemos na lição anterior, os sinais preditos por Nosso Senhor Jesus Cristo estão cumpridos e em cumprimento.

Pense: “Pessoas sinceras verão a cadeia direta da verdade presente. Perceberão suas harmoniosas conexões, elo após elo, unindo-se num grande todo e nela se firmarão. A verdade presente não é difícil de ser compreendida, e o povo a quem Deus está conduzindo estará unido sobre essa ampla e firme plataforma”. (EGW, T1,p. 326.2).

Desafio: Pregar a mensagem do evangelho eterno em suas palavras, atos, atitudes, influências e convivência.


DOMINGO, 20 DE MAIO 2018 – A UNIVERSIDADE DO EVANGELHO

Ao despedir-se de Seus discípulos, o Mestre lhes dá uma ordenança, conhecida entre seus seguidores como a Grande Comissão e que Mateus 28:18-20 registrou assim: “18Jesus aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade Me foi dada no Céu e na Terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação dos séculos”.

E João na visão apocalíptica, Apocalipse 14:6, declara que o Anjo tinha “um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a Terra, e a cada nação, e tribo, e língua, e povo,”, ou seja, toda e qualquer pessoa nesta aldeia global chamada Terra, deve ouvir o evangelho. Não pode e não deve haver uma só pessoa que possa alegar diante do Juiz de todos que não ouviu falar do Plano de Vida Eterna que Deus preparou antes da fundação do mundo para todos os seres humanos.

E qual a mensagem devem ouvir?

1. Que todos somos pecadores e por isso carecemos da glória de Deus – Romanos 3:23;
2.
3. Deus quer que todos sejam salvos – Efésios 1:5;
4.
5. Deus providenciou para recebêssemos a salvação por meio de Seu Filho – João 3:16;
6.
7. Não há pecado que não seja purificado em Cristo Jesus – I João 1:7;
8.
9. Testemunhar e pregar o evangelho eterno nos fortalece e empodera – II Coríntios 4:14-18;
10.
11. Quem amar Jesus será obediente e guardará suas palavras – João 14:23; e
12.
13. Quem guardar Suas palavras até o fim receberá a coroa da vida – Apocalipse 2:10.
14.

Pense: “Se os seguidores de Cristo estivessem sempre alerta ao chamado do dever, milhares estariam proclamando o evangelho em países gentios… E muito maior quantidade de zeloso trabalho seria feito nos países cristãos”. (EGW, CC, p. 81).

Desafio: Escolha agora: a quem, onde, como e com que recursos você cumprirá a grande comissão.


SEGUNDA, 21 DE MAIO 2018 – O LADRÃO NA CRUZ E O EVANGELHO ETERNO

Deus não quer queninguém se perca, mas sim, que todos se salvem – I Timóteo 2:4 – “Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade”. E Cristo demonstrou essa verdade ao garantir ao ladrão na cruz, que O encontraria no paraíso.

Essa verdade só pode ser concretizada pela graça, misericórdia e o perdão de Deus, por meio de Cristo e Seu sacrifício, que com Sua justiça imputada ao ser humano, o faz digno de se apresentar diante do Criador.

O ladrão não tinha nenhuma credencial para merecer a atenção de Cristo, mas Ele amou a ambos os seus colaterais de condenação. O que o olhou com arrependimento pelos sentimentos impróprios ouviu palavras de esperança e certeza de salvação.

O caminho da salvação é um processo, instantâneo, como no caso do ladrão na cruz, ou de longa e aguerrida disputa entre Cristo e o inimigo das almas, envolvendo uma guerra espiritual intensa entre poderes muito superiores aos de que dispomos -Efésios 6:12, pois envolvem toda a nossa constituição, corpo e saúde física, mente e saúde mental, emoções, hereditariedade e valores pessoais e familiares, crenças e espiritualidade.

O evangelho eterno é um processo de: a) conhecimento e compreensão do imenso amor de Deus por nós, b) da nossa completa incapacidade de tratarmos de nossas próprias deficiências e c) com arrependimento por ferirmos a Cristo com nossos erros e pecados, d) aceitarmos a transposição de Sua justiça e vida santa em lugar da nossa vida ímpia e desregrada e, e) vivermos diária e total dependência do amor e poder de Cristo para cada dia de nossa vida.

Pense: “Temos um Salvador que nos amou de tal maneira que morreu por nós, para que por Ele possamos ter esperança, força e ânimo, bem como um lugar com Ele no Seu trono. Ele está desejoso de nos ajudar e pode fazer isso, sempre que a Ele recorrermos”. (EGW, T8, p. 128).

Desafio: Viva a experiência de ser dependente da graça e misericórdia de Cristo em sua vida diariamente.


TERÇA, 22 DE MAIO 2018 – TEMEI A DEUS E DA-LHE GLÓRIA

Como registramos acima, a proclamação da mensagem do evangelho eterno deve levar ao ouvinte as verdades sobre nossa condição de pecadores, o desejo divino de que todos sejam alcançados pela salvação, caminho esse já providenciado por Deus em Jesus Cristo e que, ao recebermos essas verdades devemos nos tornar multiplicadores delas aos outros, pelo exemplo e pregação.

Mas devem receber a verdade para o tempo em que vivemos e isto inclui a verdade presente do “temei a Deus e dai-Lhe glória” que se traduz no caminhar para cruz de Cristo para que sejam perdoados todos os nossos pecados e, então, possamos clamar pelo poder de Jesus que nos purifica de todo o mal.

Também significa obedecer a todos os mandamentos e estatutos do SENHOR, pois se obedecemos a esses preceitos de convivência produtiva entre nós e Deus e entre nós e nossos companheiros de jornada, estaremos fazendo não só o que é certo e correto, mas também o que glorifica a Deus.

Glorificá-Lo é obedecê-Lo. Glorificá-Lo é mais que admiração e reverência, posto que não temos nenhum mérito ou justiça para nos colocarmos diante de Deus e dizer-Lhe: eu O admiro e O reverencio. Somente podemos nos apresentar diante do Criador e Mantenedor do Universo mediante a intercessão e imputação da santidade e justiça de Cristo em nós e por nós. Por isso, “temei a Deus e dai-Lhe glória”.

 

Pense: ‘A verdadeira reverência se revela pela obediência. Deus nada ordenou que não seja essencial, e não há outro modo tão agradável a Ele para se manifestar reverencia como a obediência ao que Ele falou”. (EGW, MCH, [MM 1989/1953], p. 266).

Desafio: Glorifique a Deus em sua vida, buscando-O cada dia em primeiro lugar – Mateus 6:33.


QUARTA, 23 DE MAIO 2018 – É CHEGADA A HORA DO SEU JUÍZO

A mensagem do primeiro Anjo pode ser dividida em 3 proposições, todas fazem parte do evangelho eterno e, todas são ministradas por um “anjo voando”demonstrando sua importância e urgência:

1ª – “temei a Deus, e dai-Lhe glória”, que estudamos ontem;

2ª – “pois é chegada a hora do Seu juízo”, que comentaremos hoje; e,

3ª – “adorai Aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas”, nosso estudo de amanhã.

Em Sua revelação, Deus se nos apresenta como sendo de justiça e juízo, com equivalente importância no peso de Seu amor, graça e misericórdia.

Essa a causa de o anjo frisar em sua mensagem que “é chegada a hora do Seu juízo”. Qual a informação que deve ser destacada? Embora pecadores, transgressores da lei de Deus, rebeldes aos Seus reclamos, não precisamos temer esse juízo de Deus, pois estaremos representados pelo “Advogado junto ao Pai” – I João 2:1, e que, como Sumo Sacerdote, é também “nosso Precursor e Intercessor, … eternamente” – Hebreus 6:20.

Razão porque não precisamos nos preocupar em ter méritos, pois não os temos, mas estar firmes na Rocha, que é Cristo e assegurando-nos de que fomos salvos, estamos sendo salvos e seremos salvos, porque na cruz do Calvário Cristo entregou-se em sacrifício, como Cordeiro de Deus, pelos pecados meus e seus e, após ressuscitar e ascender aos céus, apresentou-nos diante do Pai, pedindo que a Sua justiça e santidade fossem a nós imputada.

Pense: “Assim como João Batista, ao preparar um povo para o primeiro advento de Cristo, chamou-lhes a atenção para os Dez Mandamentos, devemos dar, não com sonido incerto, a mensagem: “Temei a Deus e dai-Lhe glória, pois é chegada a hora do Seu juízo”. Apocalipse 14:7. Com o fervor que caracterizava o profeta Elias e João Batista, devemos esforçar-nos por preparar o caminho para o segundo advento de Cristo”. (EGW,CBASD, v. 4[MM14/01/1977], p. 1184).

Desafio: Pregue o juízo, porque ele indica a breve volta do Senhor Jesus, para buscar os Seus.


QUINTA, 24 DE MAIO 2018 – ADORAI AQUELE QUE FEZ O CÉU  E A TERRA

Adorar “Aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas” é o terceiro convite imperativo da mensagem do Anjo que traz essa primeira advertência aos habitantes deste mundo e pode ser sintetizado em adorar o Criador.

Para cumprir-se esse imperativo é mister disposição para acatar a verdade presente do evangelho eterno de que somente glorificamos a Deus se o obedecemos. Se somos cooperadores da proclamação do evangelho eterno da premência da hora do juízo, a qual é alertada aos que habitam a Terra neste momento de tempo do fim e, por isso, será imprescindível o culto racional de adoração ao Criador, com a recepção de Sua marca e selo em nosso ser.

O selo que identifica e distingue o povo de Deus é a “guarda dos Mandamentos” e a presença da “fé em Jesus” e “de Jesus”. Mas os mandamentos que devem ser guardados são aqueles dados por Deus e a única parte da Bíblia que foi escrita pelo próprio dedo de Deus, o Decálogo. E, nele se destaca o quarto mandamento, que santifica, abençoa e faz sagrado o sétimo dia da criação, o dia de sábado.

Quem não receber o selo de Deus, receberá o selo da besta, adorando-a, santificando um dia espúrio, não sagrado, nem abençoado por Deus.

Quanto mais se aproxima o “fim do tempo”, mais as forças inimigas de Deus tentarão forçar os fiéis ao SENHOR a desistirem de sua fé e adorar a besta e sua imagem, no falso dia que buscará impor. Mas o aviso dado por Deus em Sua palavra sobre o destino dos que não o temem e nem o adoram e ainda tentam impor aos outros seres humanos uma falsa adoração é razão suficiente para rogarmos a Deus o Pai e Jesus, o Filho do Pai, que pelo Seu Divino Espírito Santo nos faça cada vez mais fiéis ao que temos como advertências e convites em Sua Palavra.

Pense: “E ao início do tempo de angústia fomos cheios do Espírito Santo aosairmospara proclamar o sábado mais amplamente”.(EGW, PE, p.33).

Desafio: Permanecer firmes e resolutos na defesa da verdade presente para este final do tempo do fim.


SEXTA, 25 DE MAIO 2018 – ESTUDO ADICIONAL

O Dia da Expiação apontava para o juízo de Deus sobre a humanidade e seus caminhos. Também apontavam para que os participantes se recordassem do juízo de Deus já aplicado no dilúvio. Em ambos os casos pode-se reconhecer um Deus que julga, sob justiça incontaminada, mas também sob graça, misericórdia e amor.

No pré-dilúvio Deus avisou sobre o julgamento dos seres humanos e suas ações durante 120 anos da obra de Noé. Isso era a graça, a misericórdia e o amor de Deus sendo refletido para que pessoas cuja consciência fosse tocada, se arrependessem de seus erros e pecados e encontrassem a salvação. Porém, quando terminou o tempo de advertência e apelo, Deus executou o juízo, com e amor e justiça.

Jesus ensinou também que no tempo do fim, Deus trará a juízo toda obra e toda intenção do coração do ser humano e a base do Seu julgamento será Sua lei, santa, justa e boa. E que esse fato não teria dia marcado, mas apenas o Pai conhece esse tempo.Por isso, devemos estar prontos e, como os servos cujo Senhor viajou, podermos apresentar um relatório de realização em harmonia com a vontade do Senhor. Ou como as dez virgens, estar com o luzeiro e a vasilha de azeite perfeitamente repletas do óleo sacro do Espírito Santo.

Por isso, também precisamos estar atentos para não sermos enredados nos enganos desse tempo, quais sejam, não crer nesse conflito cósmico entre Miguel e Seus anjos e o dragão e seus anjos, que apresentam às criaturas de Deus o engano dos falsos profetas e falsos cristos, mas, principalmente querem convencer aos filhos de Deus da imortalidade da alma e a santidade do domingo, além de criar argumentos científicos espúrios contra o verdadeiro sábado baseado na teoria da evolução. Também formará uma falsa trindade formada pelo próprio dragão (satanás), a besta do mar (o papado) e a besta da terra (os Estados Unidos da América)

Pense: “E para o crente, a morte é apenas questão de pouca importância. Para ele, morrer é apenas dormir. “Também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com Ele.” 1 Ts 4:14”. (EGW, ME, [MM 06/03/1965] p. 1:301-303).

Desafio: Prepare-se, tenha o Espírito Santo em você e desenvolva comunhão diária com Deus e jesus Cristo.

sobre Portal da Escola Sabatina Online

O Portal da Escola Sabatina Online, Foi criado no dia 31 de Dezembro 2016 com o único intuito é incentivar a todos interessados a estudarem a LES e lhe concedendo a oportunidade de terem acessos diariamente pela via online. Todos os conteúdos do Portal é extremamente de máxima qualidade! Direção: Thiago A. de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique

(3ºSáb 4Trim18-Ano C) Materiais Primários

  Contém 2 PPTs: 1 com a lição, 1 com o Informativo Mundial das Missões, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco!!