Novidades
Início / COMENTÁRIOS PARA JOVENS - 3° TRIMESTRE 2018 / Comentários para Jovens: Lição 09 – A Segunda Viagem Missionária – 25 de Agosto a 01 de Setembro 2018

Comentários para Jovens: Lição 09 – A Segunda Viagem Missionária – 25 de Agosto a 01 de Setembro 2018

Print Friendly, PDF & Email

 



SÁBADO A TARDE – 25 DE AGOSTO 2018 – PRÉVIA DA SEMANA

Cumprida a missão de buscar o parecer da liderança apostólica em Jerusalém, Barnabé e Paulo retornaram a Antioquia com a resposta aos questionamentos propostos anteriormente e ali permanecem por algum tempo em trabalhos evangelísticos e de confirmação dos conversos. Após esse tempo Paulo propôs a Barnabé retornarem às cidades por onde já haviam passado para confirmarem a fé dos irmãos. Barnabé sugeriu reagregar a Marcos, com o que não concordou Paulo, considerando a deserção anterior, e isso provoca uma tal discórdia entre ambos que se separam.

A aparente derrota pelo desmonte dessa dupla tão eficiente e vitoriosa, na verdade, se transforma em benção, posto que ao invés de uma, resultam em duas duplas missionárias a partir de Antioquia, Barnabé e Marcos para Chipre, terra natal de Barnabé, e Paulo e Silas – que viera de Jerusalém como enviado dos apóstolos e não retornara e a quem Paulo convida para compor a nova dupla missionária, que partem para um roteiro inicialmente com o propósito que Paulo já estipulara na proposta a Barnabé.

Deus tinha outros planos para o “apóstolo dos gentios”. Ele revisitaria algumas das cidades já alcançadas, mas mediante um outro itinerário, em uma participação de planejamento totalmente diversa e com um parceiro emocianante e que lhe comandaria as decisões e roteiros, o Espírito Santo.

Assim, nessa segunda viagem missionária, Paulo acompanhado inicialmente por Silas e, posteriormente, por Timóteo, passará por Derbe, Listra e Icônio, Antioquia da Pisídia, Troade, Neápolis, Filipos, Anfípolis, Tessalônica, Apolônia, Beréia, Atenas, Corinto, Éfeso, Rodes, Cesaréia e, finalmente, Jerusalém, ficando claro que os planos de Deus são sempre maiores que os que nós, seres humanos, possamos querer estabelecer.

Pense:Quando, pois, nos chegamos a Deus, devemos orar para que nos seja dado compreender e realizar Seu propósito, e nossos desejos e interesses se identifiquem com os dEle. Devemos manifestar-Lhe nossa conformidade com Sua vontade e não pedir que condescenda com a nossa. É bom para nós que o Senhor não defira sempre as nossas súplicas ao tempo e do modo que o desejamos. Assim procedendo, far-nos-á maior bem do que cumprindo nossa vontade, porque nossa sabedoria é loucura”. (EGW, TI, v. 2, p. 148).

Desafio: Coloque-se nas mãos e planos do SENHOR para a sua vida e em cada dia. Entregue-se a Ele agora.


DOMINGO, 26 DE AGOSTO 2018 – DE VOLTA A LISTRA

Embora o registro do início da viagem de Paulo apenas informem que ele “passou pela Síria e Cilícia”, não foi simplesmente um ponto de referência no itinerário paulino, pois o verso conclui “confirmando as igrejas” (Atos 15:41).

Prosseguindo nesse itinerário, chegaram a Derbe e a Listra, onde conheceram um jovem cristão, com referências piedosas da igreja, de origem greco-judaica, Timóteo, de pai grego e mãe judia, de nome Eunice. Paulo teve interesse de agregar esse jovem à sua equipe, tanto por suas referências quanto por sua intrução na Palavra de Deus (2 Timóteo 3:15), porém, ele era incircunciso e, como Paulo pretendia continuar com seu trabalho entre os judeus, achou melhor circuncidá-lo para que fossem evitadas alegações dos seus compatriotas ortodoxos e que sabiam que o pai de Timóteo era grego.

Em cada uma de suas visitas Paulo, Silas e Timóteo davam a conhecer à igreja local “as decisões tomadas pelos apóstolos e presbíteros de Jerusalém” (Atos 16:4) e, aparentemente, lhes entragavam cópias da carta original. Desse ponto em diante, o Espírito Santo interfere nos planos de Paulo, impedindo-os de seguirem para o território asiático e, depois, desviando-os de irem para o norte, para a região da Bitínia, mas conduzindo-os para Trôade, de onde seriam dirigidos para a Macedônia.

Pense:Cada um de nós pode fazer alguma coisa, se tão somente assumir a posição que Deus quer que assumamos. Tudo o que fizermos para iluminar os outros nos leva mais perto do Deus do Céu e nos põe em harmonia com Ele”. (EGW, CSM, p. 304).

Desafio: Descubra os talentos e dons que Deus lhe tem dado e coloque-os à disposição Dele.


SEGUNDA-FEIRA, 27 DE AGOSTO 2018 – FILIPOS

Já na Macedônia, Paulo e equipe foram para Filipos onde, aparentemente, não havia sinagoga judaica e por isso, os missionários foram, no sábado, procurar um lugar para oração e o encontraram fora da cidade, junto a um rio, onde falaram a algumas mulheres que os tinham acompanhado até ali.

Dois fatos a destacar: primeiro Paulo não ia à sinagoga no sábado somente para procurar pregar e ensinar o evangelho, mas também por sua prática de oração e adoração. Segundo, o culto sabático não envolve apenas uma participação introspectiva, de meditação e oração, mas também de pregação, discipulado e conversas de koinonias.

Em Filipos a equipe missionária foi acompanhada por muitos dias por “uma jovem possessa por um espírito adivinhador”, a qual clamava “Esses homens são servos do Deus Altíssimo e vos anunciam o caminho da salvação” (Atos 16:16 e 17) e que Paulo, indignado, a libertou desse espírito, mas isto se tornou um problema para os missionários, visto que a referida jovem era um fonte de lucros para seus senhores, os quais, tomaram a Paulo e Silas e os levaram às autoridades, acusando-os de perturbadores.

Por isso, foram presos e açoitadaos, e à noite, apesar dos maus tratos sofridos, oravam e cantavam sob audiência dos demais presos. À meia-noite houve um terremoto e todas as portas das celas foram abertas e liberadas todas as cadeias, o que levou o carceceiro a tentar o suicídio, no que foi impedido pela voz de Paulo, ordenando-lhe “Não te faças nenhum mal, que todos estamos aqui” (Atos 16:28). Isto fez com que o carcereiro indagasse sobre a salvação e Paulo e Silas responderam “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa” (Atos 16:31).

Dessa forma, Paulo confirma que a salvação é somente pela fé em Jesus, mas a narrativa não autoriza a prática de um batismo sem instrução e preparo, tanto é que Lucas informa que imediatamente “lhe pregaram a Palavra de Deus” (Atos 16:32).

Pense:Talvez nunca vos sejam impostas as mãos da ordenação, mas podeis levar humildemente a mensagem. Podeis testificar que Deus ordenou que todos aqueles pelos quais Cristo morreu terão a vida eterna, se nEle crerem. — Manuscrito 2, 1905”. (EGW, NLC [MM 1968, 12/11], p. 333.3).

Desafio: Convide cada um de seus contatos diários a se entregarem a Jesus para a salvação, mas não deixe de instruí-los no Caminho.


TERÇA-FEIRA, 28 DE AGOSTO 2018 – TESSALÔNICA E BEREIA

Após o incidente em Filipos, Paulo e seus companheiros partiram com destino a Tessalônica, capital da Macedônia, onde havia uma sinagoga e para lá se dirigiram eles, e Paulo, pelas Escrituras mostrava-lhes que Jesus era o Cristo, o que persuadiu alguns judeus, e “numerosa multidão de gregos piedosos e muitas distintas mulheres” (Atos 17:4), informa Lucas.

Mais um vez, judeus enciumados e invejosos, se conluiaram com homens de más índoles, da pior espécie de seres humanos, e que Lucas identifica como “homens maus dentre a malandragem” (Atos 17:5), promoveram um alvoroço na cidade, indo à casa onde se hospedavam os missionários e, não os encontrando, prenderam o seu morador e alguns cristãos que estavam ali. Procurando evitar males piores, os irmãos tomaram a Paulo e Silas e, à noite, os enviaram para Beréia.

Em Beréia, como de costume, dirigiram-se à sinagoga judaica e ai encontraram uma disposição diferente da que haviam encontrado em todos os lugares, a ponto de Lucas classificar os ouvintes bereanos como “estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica” e adiciona o motivo de seu julgamento “receberam a palavra com toda a avides, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim” (Atos 17:11). Mas a alegria dos missionários foi interrompida pela oposição vinda dos judeus de Tessalônica, obrigando Paulo a ir para Atenas.

Essa nobreza bereana deve ser lição para todo cristão atual. Não coloque confiança absoluta nos ensinamentos de homens. Vá diariamente à Bíblia e confirme que se ensinamento tem aprovação divina em Sua Palavra.

Pense:Têm ocorrido apostasias e o Senhor tem permitido que questões dessa natureza se desenvolvessem no passado a fim de mostrar quão facilmente Seu povo será desviado se confiarem nas palavras de homens em vez de examinarem por si mesmos as Escrituras, como fizeram os nobres bereanos, para ver se estas coisas são assim. E o Senhor tem permitido coisas dessa espécie ocorrerem para que sejam dadas advertências de que elas terão lugar”. (EGW, ME, v. 2, p. 394.3).

Desafio: Confirme todos os ensinos e explanações de doutrinas na Palavra de Deus, com oração pela assistência do Espírito Santo.


QUARTA-FEIRA, 29 DE AGOSTO 2018 – PAULO EM ATENAS

Atenas, capital da Grécia, concentrava uma gama de atrativos a qualquer mente interrogadora e sedenta de conhecimentos humanos, pois era um centro intelectual, habitado por inúmeros filósofos e mestres, os quais indagavam e discutiam todos os aspectos da vida, inclusive o transcendental, a religião. Também era um grande centro da prática da idolatria, tendo estátuas dessas divindades espalhadas por toda a cidade, em forma de estátuas de mármore, representando pessoas, animais, figuras dantescas.

Paulo mudou sua estratégia preferida de falar primeiro a judeus numa sinagoga, mas debatia com os judeus na sinagoga, semanalmente, e diariamente, dirigido pelo Espírito Santo, ia aos lugares públicos, onde se reuniam pessoas curiosas para ouvir, e aprender, dos palestrantes disponíveis, suas filosofias e ensinamentos. E assim, despertou a curiosidade dos atenienses e foi convidado a ir ao Areópago, um centro decisório da cidade, onde se reuniam os Conselheiros da administração de Atenas, para que ele, Paulo, expusesse seus ensinamentos e pudesse ser interregado a respeito de suas palavras.

Paulo não pode fazer o discurso costumeiro de expor as Escrituras, relembrando a história da relação entre o povo judeu e o Criador, mas apresenta algumas importantes mensagens bíblicas de uma forma que facilitasse o entendimento de sua audiência. Todavia, aparentemente foi interrompido ao mencionar o juízo de Deus sobre o mundo, através daquele que designara para isso, ressuscitando-o dos mortos. Duas ideias que eram conflituosas aos conceitos gregos de divindade, que para eles Deus não se importava com a vida humana, bem como, não era possível, na crença dos gregos, a um morto ser ressucitado.

Mesmo assim, dentre os poucos que aceitaram a mensagem estava um membro do Areópago, Dionísio e Damaris, uma mulher que certamente possuía influência na sociedade local.

Pense:O apóstolo não se deixou seduzir pelo que viu nesse centro de cultura. Sua natureza espiritual estava tão atenta às atrações das coisas celestiais, que a alegria e magnificência das riquezas que nunca perecerão tornavam de nenhum valor aos seus olhos a pompa e o esplendor daquilo que o circundava. Vendo a magnificência de Atenas, ele compreendeu seu poder sedutor sobre os amantes da Arte e da Ciência, e seu espírito ficou profundamente impressionado com a importância da obra que tinha diante de si”. (EGW, AA, p. 129.6).

Desafio: Ainda que o meio em que estiver pareça ser de uma cultura muito superior, pregue a Palavra.


QUINTA-FEIRA, 30 DE AGOSTO 2018 – PAULO EM CORINTO

A reação de incredulidade, zombaria e postergação do debate por alguns. Porque poucos creram, levam Paulo a deixar Atenas e partir para Corinto. Ali Paulo se tornou amigo do casal de judeus Áquila e Priscila, amizade para toda a vida. Provavelmente já eram cristãos, que haviam sido deportados de Roma, com todos os judeus ali residentes, pelo imperador Cláudio, sob alegação de promoverem tumultos. Além disso, Áquila era da mesma profissão que Paulo, fazedor de tendas.

Quando Silas e Timóteo vieram da Macedônia, Paulo se dedica somente à pregação. Embora Paulo tivesse como prática viver de seu próprio sustento, é provável que pode se dedicar à pregação porque sua equipe trouxera doação das igrejas da Macedônia para o sustento da mensagem e dos mensageiros.

Paulo mais uma vez enfrenta forte oposição da liderança judaica, mas é confortado pelos resultados de conversão de alguns judeus, inclusive Crispo, líder da sinagoga e sua família e alguns gentios tementes a Deus. A tensão com a liderança judaica se intensifica a ponto de tomarem Paulo e o levarem perante o tribunal, onde Gálio, procônsul, não os quis ouvir e libertou Paulo.

O relato nos induz a pensar que Paulo pretendesse deixar Corinto, mas a intervenção divina, encorajando-o a permanecer fez com que sua permanência se estendesse a um ano e meio. E, em sua despedida, levou a Áquila e Priscila com ele, deixando-os em Éfeso, onde ao falar na sinagoga, se compromete a voltar, se assim Deus o quisesse.

Pense:As condições predominantes hoje na sociedade, e especialmente nas grandes cidades das nações, proclamam com voz de trovão que a hora do juízo de Deus está próxima, e que o fim de todas as coisas terrestres é chegado. Estamos no limiar da crise dos séculos. Em rápida sucessão os juízos de Deus se seguirão uns aos outros — fogo, inundações e terremotos, com guerras e derramamento de sangue. Nós não devemos ser surpreendidos neste tempo por eventos a um tempo grandes e decisivos; pois o anjo de misericórdia não pode ficar muito tempo mais a proteger o impenitente”. (EGW, PR, p. 142.5).

Desafio: Não se impressionar por fracos resultados. Pregue a Palavra e deixe os resultados com o Espírito Santo.


SEXTA-FEIRA, 31 DE AGOSTO 2018 – PONTOS DE REFLEXÃO

A lição desta semana leva nossa mente para o conhecimento de uma realidade além das evidências visíveis, que é quando, aceitando as incumbências e responsabilidades que nos são dadas por Deus, também aceitemos sua direção e condução de cada negócio, cada dia, cada hora, cada passo de nossas vidas sejam por Ele conduzidas. Uma realidade que é transcendental, uma parceria que se faz emocionante, posto que a cada momento poderemos estar indo ou não para novos desafios, sendo todos ou cada um deles, muito diferentes do que planejáramos ou distante do local que pensáramos. Como aconteceu com Paulo em sua segunda viagem missionária. DEIXE DEUS CONDUZIR SUA VIDA!

Outra forte lição destes seis dias passados é que podemos caminhar o nosso dia-a-dia sob a certeza de que nunca estamos sozinhos. Deus sempre esta conosco. Não importa o local, seja uma prisão, um barco a deriva, um salão de recepção da alta sociedade, uma choupana em que viva uma pequena e muito humilde família sem nenhuma riqueza ou glamour. Não importa os equipamentos disponíveis, computadores de última geração ou apenas a voz e a palavra, um auditório com telas de multivisão ou um pequeno grupo sem nem lugar para se assentar. O real valor de nossa vida e missão está em ter sempre a certeza da proximidade de Deus, como Paulo e Silas. TENHA A CERTEZA DA PRESENÇA DE DEUS!

Diante da vida conduzida por Deus e da certeza de sua presença em todos os momentos, resta-nos a resposta ao convite desse Deus amoroso “Ide … todas as nações” (Mateus 28:18-20), que deve ser “Eis me aqui, envia-me a mim” (Isaias 6:8). E se o Espírito Santo convencê-lo de que este é o chamado de Deus a você: Vá! Pregue na família, na vizinhança, na internet, nos meios de comunicação, cantando, orando, expondo a Palavra. VÁ! Até que te perguntem: “que é necessário que eu faça para me salvar?” (Atos 16:30).

Pense:Cada prisioneiro estava em seu lugar, retido pelo poder de Deus exercido por intermédio de um companheiro de prisão. … O carcereiro, depondo a espada e… levando-os para um recinto aberto, interrogou: “Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar?” Atos 16:30”. (EGW, AA, p. 120).

Desafio: Seja um colaborador de Deus, descobrindo como o Espírito Santo quer que seja o seu testemunho.

sobre Portal da Escola Sabatina Online

O Portal da Escola Sabatina Online, Foi criado no dia 31 de Dezembro 2016 com o único intuito é incentivar a todos interessados a estudarem a LES e lhe concedendo a oportunidade de terem acessos diariamente pela via online. Todos os conteúdos do Portal é extremamente de máxima qualidade! Direção: Thiago A. de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique

Informativo das Missões (Adultos): O Teste – 27 de Outubro 2018

  Aos 19 anos, Pheara decidiu testar Deus. Ele já estava frequentando a igreja adventista, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco!!