Novidades
Início / CONCEITOS DA ESCOLA SABATINA / “Examinai as Escrituras”

“Examinai as Escrituras”

Print Friendly, PDF & Email

A Palavra de Deus, falada ao coração, tem um vivificante poder, e os que formulam qualquer desculpa para não se familiarizar com ela, negligenciarão as reivindicações de Deus em muitos aspectos.

Nenhum homem, mulher, ou jovem, pode alcançar a perfeição cristã negligenciando o estudo da Palavra de Deus. Mediante profundo e cuidadoso exame de Sua Palavra obedeceremos à exigência de Cristo: “Examinai as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de Mim testificam.” João 5:39. Esse exame habilita o estudante a observar intimamente o divino Modelo, pois as Escrituras testificam de Cristo. O padrão deve ser examinado muitas vezes e cuidadosamente, a fim de ser imitado. Ao tornar-se alguém relacionado com a história do Redentor, descobre em si mesmo defeitos de caráter; sua dessemelhança com Cristo é tão grande que ele sente não poder ser um seguidor sem que se opere grande mudança em sua vida. Estuda ainda assim, com o desejo de ser semelhante ao seu grande modelo; absorve a expressão fisionômica, o espírito, de seu amado Mestre; por contemplá-Lo, torna-se mudado. “Olhando para Jesus, autor e consumador da fé.” Heb. 12:2. …

A Palavra de Deus, falada ao coração, tem um vivificante poder, e os que formulam qualquer desculpa para não se familiarizar com ela, negligenciarão as reivindicações de Deus em muitos aspectos. O caráter ficará deformado, as palavras e atos serão um descrédito à verdade. Diz-nos o apóstolo: “Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.” II Tim. 3:16. Um dos profetas de Deus exclama: “Enquanto eu meditava se acendeu um fogo.” Sal. 39: 3. Se os cristãos examinassem fervorosamente as Escrituras, mais corações arderiam com as verdades vívidas aí reveladas. Suas esperanças brilhariam com as preciosas promessas disseminadas como pérolas através de todos os Sagrados Escritos. Na contemplação da história dos patriarcas, dos profetas, dos homens que amaram e temeram a Deus e com Ele andaram, o coração manifestará o mesmo sentimento que animou esses dignos personagens. Ao demorar-se a mente sobre a virtude e piedade dos santos homens do passado, o espírito que os inspirou acenderá uma chama de amor e fervor no coração de todos os que desejam ser semelhantes a eles no caráter.

Não Negligenciar a Lição da Escola Sabatina

O estudante da Escola Sabatina deve sentir tão integral fervor para tornar-se inteligente no conhecimento das Escrituras como em destacar-se no estudo das ciências. Se um deve ser negligenciado, sejam as lições dos seis dias. A exortação de nosso Salvador deve ser religiosamente considerada por todo homem, mulher e criança que professa Seu nome.

Os professores da Escola Sabatina têm no ensino da lição da Escola Sabatina um campo missionário que lhes foi dado, não para como papagaios repetirem o que não se deram ao trabalho de entender. “São elas que de Mim testificam” (João 5:39) – do Redentor, Aquele em quem estão centralizadas nossas esperanças de vida eterna. Se os professores não estão imbuídos do espírito da verdade, e não cuidam de conhecer o que está revelado na Palavra de Deus, como podem apresentar a verdade numa luz atrativa aos que estão sob seu cuidado?

A oração de Cristo por Seus discípulos foi: “Santifica-os na verdade; a Tua Palavra é a verdade.” João 17:17. Se devemos ser santificados pelo conhecimento da verdade que se encontra na Palavra de Deus, precisamos ter um conhecimento inteligente de Sua vontade nela revelada. Precisamos examinar as Escrituras, não meramente devorando um capítulo e repetindo-o, sem termos o cuidado de entendê-lo, mas procurando a jóia da verdade que enriquece a mente e fortifica a alma contra os enganos e tentações do grande enganador.

Desculpas Para a Negligência

Os pais apresentam frívolas desculpas por não se interessarem com seus filhos nas lições, e estes deixam de tornar-se versados nas Escrituras. Pais e mães evitam disciplinar sua mente. Não buscam primeiro o reino de Deus e Sua justiça, mas exaltam o que é temporal sobre o que é espiritual e eterno. Essa desconsideração por Deus e abandono de Sua Palavra é o exemplo que dão aos filhos e que lhes molda a mente segundo o padrão do mundo e não conforme a elevada norma instituída por Cristo.

Alguns pais preferem passar as horas em seu próprio entretenimento, em conversas sobre coisas mundanas, e afastam a Deus de seus pensamentos e coração. Quão mais proveitoso é ser fiel discípulo de Cristo, empenhado no exame das Escrituras, para que possa tornar-se inteiramente provido para toda a boa obra e capaz de dar uma explicação inteligente da palavra que Deus ofertou para nos dirigir os passos para as eternas praias!

Ouvem-se mães lamentarem não ter tempo de ensinar seus filhos nem de instruí-los na Palavra de Deus. Mas essas mesmas mães encontram tempo para se adornarem externamente e ornamentarem-se com pregas, franzidos e rendas desnecessários. Vêem-se desnecessários enfeites em suas roupas e de seus filhos. O adorno interno da mente e a cultura da alma são negligenciados, como se fossem inferiores ao adorno dos vestidos. A mente de mães e filhos perece de inanição por seguirem os costumes e as modas.

Toda a Família Unida no Estudo da Bíblia

Pais e mães, nós vos rogamos que tomeis sobre vós deveres há muito negligenciados. Examinai as Escrituras por vós mesmos; auxiliai vossos filhos no estudo da Palavra sagrada. Fazei obra diligente por causa da negligência passada. Não afasteis os vossos filhos para que estudem por si mesmos a Bíblia, mas lede-a com eles, ensinai-lhes o que sabeis de maneira simples, e mantende-vos a vós mesmos na escola de Cristo como diligentes estudantes. Tomai a determinação de que esta obra não será negligenciada. Mães, vesti-vos a vós e a vossos filhos com roupa modesta, limpa e esmerada, mas sem adornos desnecessários. Quando aprenderdes a assim proceder, a vestir com conscienciosa simplicidade, não tereis desculpa por serdes principiantes nas Escrituras. Segui a admoestação de Cristo: “Examinai as Escrituras” (João 5:39); assim crescereis em força espiritual e sereis capazes de instruir vossos filhos, para que não tenham de vir à Escola Sabatina nada sabendo.

Muitos jovens dizem: Não tenho tempo de estudar minha lição. Que estão eles porém fazendo? Alguns estão aproveitando cada momento para ganhar alguns centavos mais, quando este tempo, dedicado ao trabalho, consagrado ao estudo da Bíblia e seguidas suas lições, ajudá-los-ia mais que a importância ganha pela sobrecarga de trabalho. Aproveitaria mais do que é gasto em desnecessários adornos, e preservaria o vigor da mente a fim de permitir a compreensão do mistério da piedade. “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria.” Prov. 9:10. Mas esses mesmos jovens que professam ser cristãos, lisonjeiam os desejos do coração carnal, seguindo suas próprias inclinações; e o tempo de graça concedido por Deus para que se familiarizem com as preciosas verdades da Bíblia é devotado à leitura de novelas fictícias.

Esse hábito, uma vez formado, é difícil de ser vencido; mas isso pode ser feito, tem de ser feito por todos os que são candidatos ao mundo celestial. A mente à qual se permite absorver-se na leitura de ficção fica arruinada. A imaginação se torna doentia, o sentimentalismo toma posse da mente e há uma vaga inquietação, um estranho apetite por alimento mental nocivo, o qual de contínuo desequilibra a mente. Há, hoje, nos manicômios, milhares cuja mente se tornou desequilibrada pela leitura de novelas, leitura essa que resulta na edificação de castelos no ar e doentio sentimentalismo. A Bíblia é o Livro dos livros. Ela vos dará saúde e vida. É um calmante para os nervos e comunica solidez de mente e firmeza de princípio.

Cavar Fundo as Gemas da Verdade

Os alunos da Escola Sabatina devem ser diligentes, cavar fundo e buscar com o máximo cuidado as preciosas gemas da verdade contidas nas lições semanais. Os privilégios e oportunidades que ora têm de se tornar entendidos no que respeita às Escrituras, não devem ser negligenciados. Deus quer que os que professam segui-Lo estejam bem munidos de provas das doutrinas de Sua Palavra. Quando e onde podem tais provas ser melhor obtidas que, na juventude, através da Escola Sabatina? De maneira alguma devem os pais tratar isso com indiferença. Review and Herald, 28 de novembro de 1878.

Facebook Comments

sobre Escola Sabatina

Além disso, verifique

Síntese da Semana: Lição 04 – Fugindo do Mundanismo – 20 á 27 Janeiro 2018

    📖 SÁBADO: Deixaremos de fugir para o mundanismo e fugiremos do mundanismo, quando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Whatsapp Online!