Novidades
Início / INFORMATIVOS DAS MISSÕES (ADULTOS) - 1° TRIMESTRE 2019 / Informativo das Missões (Adultos): Surpreendido por Helicóptero – 05 de Janeiro 2019

Informativo das Missões (Adultos): Surpreendido por Helicóptero – 05 de Janeiro 2019

Print Friendly, PDF & Email

 

 



FAÇA DOWNLOAD AQUI


SURPREENDIDO PELO HELICÓPTERO

Kenaope Kenaope, presidente da União Botsuana da Igreja Adventista, não pensou duas vezes ao ver o helicóptero da polícia sobrevoando seu carro, enquanto viajava entre as duas maiores cidades africanas. Mas, o helicóptero abaixou uma segunda vez e passou voando por ele. Kenaope queria saber se a polícia o perseguia pensando que fosse um criminoso, talvez o homem que viu caminhando na estrada alguns minutos antes. O helicóptero voou rapidamente à frente do carro e pousou vagarosamente na pista. Com o coração acelerado, Kenaope freou o carro.

O helicóptero pousou próximo ao carro e as hélices espalhavam um turbilhão de terra e grama sobre o veículo. Alguns momentos depois, os rotores desligaram e Kenaope saiu do carro. Em Botsuana, quando um motorista é interpelado pela polícia ele deve se aproximar do veículo. Como voltava de um culto, Kenaope trajava terno e gravata. Ele nunca havia sido parado por algum policial, portanto não estava seguro se deveria se aproximar.

Nesse momento, dois policiais desceram do helicóptero e foram encontrá-lo no acostamento da estrada, “Senhor, vamos detê-lo”, um dos policiais informou. Sem saber o que dizer, e com a boca seca de nervoso, Kenaope balbuciar duas palavras: “Por quê?” “Nós o interpelamos porque estava em alta velocidade”, o policial disse.

ACIMA DA VELOCIDADE

O policial estava certo. Kenaope havia deixado Francistown, ao norte de Botsuana, no fim da tarde, para fazer o trajeto de 435 quilômetros até a capital, Gaborone. Em Francistown, ele participou de uma importante reunião da igreja sobre a abertura da primeira escola primária da Igreja Adventista naquela região. Ansioso para voltar para casa, ele dirigia a 150 quilômetros por hora – 30 quilômetros acima do limite de velocidade permitido.

Kenaope entregou aos policiais a carteira de motorista e começou a sentir um profundo embaraço. Carros paravam em ambos os lados da estrada, e seus ocupantes se esforçavam para ver o que acontecia. Kenaope percebeu que o segundo policial o reconheceu, provavelmente por suas aparições ocasionais na televisão nacional, ou por causa dos seminários dirigidos em uma academia de polícia.

O primeiro policial perguntou: “De onde você vem?”
“Gaborone”, Kenaope respondeu.
“Cuidado”, o oficial disse devolvendo a carteira de motorista. “Pode ir.”

Kenaope mal conseguia acreditar no que ouviu. O oficial olhou para Kenaope e depois olhou para o carro coberto de terra e grama do helicóptero. “Lamentamos sujar o carro”, disse.

PERDOADO

Vergonha e alívio tomaram conta de Kenaope. Ele estava livre. “Naquele momento, senti o valor do perdão”, ele disse. “Percebi que o perdão que recebemos por garantia é muito importante. Obtive perdão dos policiais e pedi que Deus me ajudasse a perdoar outras pessoas.”

Em Botsuana, ser parado pela polícia não é comum. Porém, é ainda mais incomum ser parado pela polícia e ser liberado. “Pousar um helicóptero, dele saírem policiais que me abordaram e, depois, me deixaram ir foi um desperdício de tempo e energia”, disse Kenaope. “Para mim, isso não é fácil de explicar. Ser perdoado foi uma surpresa tão grande quanto ter sido parado.”

Kenaope, 50 anos, relatou o incidente ocorrido em 2017 enquanto levava o escritor do Informativo Mundial para uma visita à nova Escola Primária do Portão Oriental, um projeto financiado pela oferta do décimo terceiro sábado em 2015. Um helicóptero da polícia sobrevoando a cidade trouxe à lembrança o incidente. “Desde então, quando vejo um helicóptero, olho a quilometragem e penso: ‘espero que não me parem’”, diz. “Mas então me lembro do perdão, dirijo com responsabilidade e não repito o mesmo erro.”

A oferta do quarto trimestre de 2015 ajudou a abrir a Escola Primária de Francistown, em janeiro de 2017, um ano antes do previsto. Essa é a primeira escola primária adventista no norte de Botswana, totalizando três escolas primárias e duas secundárias no país. Muito agradecemos por sua oferta missionária.

sobre Portal da Escola Sabatina Online

O Portal da Escola Sabatina Online, Foi criado no dia 31 de Dezembro 2016 com o único intuito é incentivar a todos interessados a estudarem a LES e lhe concedendo a oportunidade de terem acessos diariamente pela via online. Todos os conteúdos do Portal é extremamente de máxima qualidade! Direção: Thiago A. de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique

52 Dicas Para Professores da Escola Sabatina

  Querido(a) professor(a) da Escola Sabatina, reconhecendo que nosso primeiro dever para com Deus e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco!!