Novidades
Início / INFORMATIVOS CRIANÇAS- 2° TRIMESTRE 2018 / Informativo das Missões (Menores): O Dente Torto – 16 de Junho 2018

Informativo das Missões (Menores): O Dente Torto – 16 de Junho 2018

Print Friendly, PDF & Email

 

 


Ryleigh Moore, uma garota de doze anos, estava muito animada! Seus dentes estavam muito tortos e, no check-up regular, o dentista disse que provavelmente seria necessário usar aparelho ortodôntico. Somente duas crianças usavam aparelho na escola de Ryleigh, o Colégio de Parkersburg, na Virgínia Ocidental, e fazia muito tempo que ela desejava usar aparelho. “Eu pensava que seria legal ter algo na minha boca para mostrar às pessoas”, disse Ryleigh. Então, ela foi ao ortodontista, que decidiria pelo uso ou não do aparelho. Poucos dias depois ela faltou à escola para ir tirar uma radiografa panorâmica bucal. No consultório, quando a menina abriu a boca, ouviu-se um estalo. Após alguns exames, a conclusão foi de que o aparelho realmente era necessário. Além dos dentes tortos, o estalo indicava que o maxilar também tinha problemas que só o aparelho poderia consertar.

Ao saber que o aparelho custaria seis mil dólares, a mãe de Ryleigh fcou chocada e começou a chorar, quando entrou no carro com a filha. Ela não sabia o que fazer. Não ganhava bem no hospital e o plano de saúde não cobriria os custos. Sentia-se fracassada. Então, lembrou-se de que Deus amava muito Ryleigh. “Não vou chorar!”, ela disse. “Vamos orar e confiar em Deus.” Ryleigh concordou, embora não estivesse preocupada. Mal podia esperar para contar aos colegas a novidade! Naquela tarde, a mãe e Ryleigh oraram pedindo a Deus que lhes ajudasse a conseguir a quantia necessária para comprar o aparelho. A irmãzinha de Ryleigh, Reagan, também orou. A família orou novamente na manhã seguinte.

ANÚNCIO PROVIDENCIAL

Quando a mãe ligou o carro para levar Ryleigh e Reagan à escola, o rádio do carro ligou, mas não estava sintonizado na emissora cristã como de costume. A mãe mudou de emissora e quase congelou, ao ouvir um comercial sobre aparelhos ortodônticos. A voz anunciava que um ortodontista estava realizando um concurso e o vencedor receberia aparelhos gratuitos. O concurso também era gratuito. Tudo que os candidatos deviam fazer era ir ao consultório do ortodontista para um check-up gratuito naquele mês.
A mãe não ousou pensar que Ryleigh ganharia o aparelho. Mas como o check-up era gratuito, decidiu levar a filha ao novo ortodontista. Na repetição do exame, o problema foi confirmado, e o profissional disse: “Isto não é bom. Devemos parar com este estalo. Você precisa usar aparelhos.” A assistente do dentista escreveu o nome de Ryleigh em um pedaço de papel, a fm de ser incluído no sorteio, no dia 12 de maio. Ryleigh, a mãe, e os nove colegas do sexto ano oraram para que ela vencesse o concurso mas, principalmente, também oraram para que Deus ajudasse a mãe a pagar o aparelho, caso ela não fosse a ganhadora.

No dia do sorteio, Ryleigh e a mãe se esqueceram do concurso, mas continuaram orando. Passou-se um mês, e junho chegou. Certo dia, a mãe estava no hospital trabalhando, quando o telefone tocou. Era a assistente do ortodontista, que perguntou: “Em qual departamento do hospital você trabalha?” Diante da reposta, a assistente confirmou: “OK, verei você em breve”, e desligou o telefone.

APARELHO GRÁTIS

A mãe de Ryleigh ficou confusa, sem entender o que a assistente quis dizer. Duas horas depois, a mãe olhou para sua mesa de trabalho e viu a assistente sentada numa cadeira, esperando. Ela segurava alguns balões e uma placa que dizia: “Parabéns! Você ganhou um aparelho para sua filha!” A mãe mal pôde acreditar, e começou a chorar de alegria! Ela não mais precisava pensar em uma forma de pagar o aparelho. Ela chamou Ryleigh para contar as boas-novas. Ryleigh, que recebeu o aparelho no dia nove de agosto, disse que a primeira coisa que queria fazer era dizer aos amigos que Deus respondeu às suas orações. “Eu estava ansiosa para contar aos amigos que oraram por mim”, disse ela. “Eu fiquei muito grata! Deus nem sempre responde nossas preces da maneira que queremos, mas desta vez Deus respondeu como queríamos.”

“Foi muito forte!”, diz a mãe dela, com os o

lhos cheios de lágrimas ao se lembrar daquele dia. “Percebi naquele momento que Deus responde à oração!”

Há três anos, a oferta do trimestre financiou 35 encontros evangelísticos em toda a Virgínia Ocidental, onde vive Ryleigh, e muitas pessoas puderam aprender sobre Jesus. Obrigado por sua oferta missionária!

*Assista ao vídeo sobre Ryleigh e a mãe, Kerra Ball, no link:
bit.ly/Ryleigh-Moore


RESUMO MISSIONÁRIO

• O animal símbolo da Virgínia Ocidental é o urso negro. O pássaro é o cardeal.

• A primeira rua de tijolos do mundo está na cidade de Charleston, Virgínia Ocidental, de 1873. A primeira rua concreta do mundo foi na cidade de Webster Springs, Virgínia Ocidental, em 1903.

• Os cidadãos de Mole Hill, Virgínia Ocidental, decidiram mudar o nome da cidade para “Mountain”, como é hoje conhecida na Virgínia Ocidental.

Hooray for Crooked Teeth!
Read story: http://bit.ly/hooray-for-teeth Published: Aug. 30, 2017

sobre Portal da Escola Sabatina Online

O Portal da Escola Sabatina Online, Foi criado no dia 31 de Dezembro 2016 com o único intuito é incentivar a todos interessados a estudarem a LES e lhe concedendo a oportunidade de terem acessos diariamente pela via online. Todos os conteúdos do Portal é extremamente de máxima qualidade! Direção: Thiago A. de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique

Informativo das Missões (Menores): Guardas de Vestes Brancas – 24 de Novembro 2018

  Numa tarde de sábado, trinta desbravadores e seus líderes juntamente com outros adultos se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco!!