Novidades
Início / LIÇÃO JOVENS - 1° TRIMESTRE 2019 / Jovens: Lição 03 – O Povo de Deus nas Cidades – 12 a 19 de Janeiro 2019

Jovens: Lição 03 – O Povo de Deus nas Cidades – 12 a 19 de Janeiro 2019

image_pdfFazer Downloadimage_printImprimir

 



“Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas” (Ap 3:22).


PRÉVIA DA SEMANA

As mensagens às sete igrejas têm encorajado os cristãos ao longo dos séculos. Elas nos asseguram que Deus está intensamente interessado nas ações de Sua igreja. Ele conhece todos os seus desafios e anseia apresentar conselhos e preciosas promessas a todos que desejarem ouvir.


LEITURA ADICIONAL

Apocalipse 1:3; 3:3, 22


DOMINGO, 13 DE JANEIRO 2019 – SERÁ QUE EU QUERO OUVIR?

 

Só estou dizendo isso porque me importo com você…” Não dá para contar o número de vezes que essas palavras, e outras semelhantes, tentaram suavizar uma crítica ou um conselho que me aborreceu, mas, que me fez mudar de atitude.

Sejamos honestos: as únicas pessoas que podemos falar com segurança o que precisamos ouvir são aquelas com quem mantemos laços mais estreitos e fortes. Já ouvi admoestações, críticas e conselhos dos meus pais, professores, médicos e também do meu marido.

Então, não deveríamos ficar surpresos com o fato de que Jesus usou o mesmo método quando Se dirigiu às sete igrejas do Apocalipse. Afinal de contas, esse é o mesmo Jesus que comparou o relacionamento de Deus conosco a muitos dos relacionamentos mencionados acima: Ele é nosso Pai, nosso grande Médico, nosso Mestre, nosso Noivo. Em Apocalipse 3:19, em Sua mensagem para Laodiceia, Jesus ordenou a João que escrevesse: “Eu corrijo e castigo aqueles que amo. Portanto, tenham interesse em fazer o que é certo e mudem seu coração e sua vida” (New Century Version, tradução livre).

Os temas complexos e enigmáticos do Apocalipse certamente, não são para ser estudados e meditados durante momentos devocionais apressados. O mesmo podemos dizer das mensagens de Cristo enviadas às sete igrejas. As advertências contra os atos errados, os pecados e a imoralidade são acompanhadas de alertas sobre a possibilidade de perder a vida eterna. No entanto, há também promessas para os que vencerem.

Através das mensagens reveladas a João, podemos ver o caráter amoroso do nosso Salvador. Não foi por mera vaidade nem interesse que Cristo apelou às sete igrejas, ou seja, à igreja cristã em todas as épocas, para que abandone a mornidão espiritual e as obras más. Em Seu amor, Ele deseja que experimentemos a verdadeira felicidade e paz nesta vida ao segui-Lo de todo o coração. Cristo deseja que Seus filhos estejam com Ele no Reino celestial e compartilhem a eternidade!

Lembre-se disso quando for estudar a Bíblia. Anote as passagens e mensagens que falam diretamente a você. O Senhor repreende e corrige aqueles a quem ama. Com o auxílio do Espírito Santo podemos deixar a mornidão espiritual, mudar o coração e nos tornar mais semelhantes a Jesus.

Ashley Eisele › Silver Spring, MD, EUA

Mãos à Bíblia

1. Leia Apocalipse 2:8-11. Como a apresentação de Jesus a essa igreja se relaciona à situação dela? Qual era a circunstância da igreja de Esmirna? Que advertência Cristo deu sobre o que estava por vir?

_______________________________________________________________________________________________

2. De acordo com Apocalipse 2:12-15, como Jesus Se apresentou a essa igreja? Qual foi a avaliação de sua condição espiritual? Assinale a alternativa correta:

A. (  ) Como Aquele que tem a espada afiada de dois gumes.

B. (  ) Como Aquele que tem os olhos como chama de fogo e os pés como o bronze polido. Pérgamo tinha pessoas que se prostituíam comendo carnes oferecidas aos ídolos.

 


SEGUNDA-FEIRA, 14 DE JANEIRO 2019 – MISTÉRIOS REVELADOS

 

No Antigo Testamento (Dn 2:27, 28, 47). Sabemos que o livro do Apocalipse tem como propósito revelar quem é Jesus e Suas ações em favor da Sua igreja até o fim da história terrestre. Nesse aspecto, o Apocalipse é semelhante a outros livros proféticos da Bíblia, principalmente, o de Daniel. Quando o rei Nabucodonosor ouviu a interpretação de Daniel sobre seu sonho, exclamou: “Não há dúvida de que o seu Deus é o Deus dos deuses, o Senhor dos reis e Aquele que revela os mistérios” (Dn 2:47). O livro de Daniel ficou selado até o tempo do fim (Dn 7:25; 8:14). Porém, Apocalipse 10 descreve um anjo com “um livrinho aberto” em sua mão e dizendo que não haveria mais demora para compreender as profecias de Daniel (Dn 7-9). Assim, um é complemento do outro e os mistérios de Deus são revelados, cada qual a seu tempo.

Mistérios ocultos desde a criação do mundo (Mt 13:35). Jesus também revelou alguns dos mistérios divinos quando falou por meio das parábolas. Ele disse aos discípulos: “Abrirei Minha boca em parábolas, proclamarei coisas ocultas desde a criação do mundo” (Mt 13:35). “A vocês foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos Céus” (Mt 13:11). Ele também prometeu: “Não há nada oculto que não venha a ser revelado, e nada escondido que não venha a ser conhecido e trazido à luz. Portanto, considerem atentamente como vocês estão ouvindo” (Lc 8:17, 18).

Ouvir com atenção (Ap 3:6). Embora uma mensagem diferente tenha sido dirigida a cada uma das sete igrejas, em seu conjunto elas também serviam para todas as igrejas. As cartas incluíam não somente elogio e reprovação, mas também, apelo: “Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas”. Eles deviam não só ouvir o que foi dito para sua própria igreja, mas para todas as igrejas.

Assim como eles, nós temos a bênção de ser alertados para os acontecimentos finais deste mundo, sobre as armadilhas e artimanhas do maligno. Certamente, nem todos receberam com alegria essas cartas e mensagens. Deve ter sido assustador ouvir que o Senhor sabia tudo a respeito de suas obras profanas e conduta apóstata, que seus pecados ocultos eram conhecidos. Alguns devem ter simplesmente desaparecido ao ver que sua vida era um livro aberto. No entanto, a maioria aceitou a mensagem e retomou o caminho da salvação.

Ao analisar essas mensagens, vemos que Jesus desejava suprir as necessidades espirituais de cada igreja, não importando em que situação ela se encontrasse. Não há dúvida de que Ele também pode satisfazer nossas necessidades hoje. Não devemos nos contentar com um céu imaginário que nós mesmos criamos. Precisamos permitir que Ele realize uma transformação total em nós a fim de que reflitamos Seu caráter em nossa vida.

As cartas às sete igrejas foram escritas primeiramente para revelar a situação em que cada uma se encontrava. Os membros foram colocados diante de uma situação em que, ou abandonavam seus pecados e se entregavam totalmente a Cristo, ou se apegavam a seus pecados correndo um risco eterno. Em segundo lugar, as cartas também serviram para mostrar aos membros daquelas igrejas que Deus nos conhece profundamente. E, muito embora conheça nossas falhas e pecados, Ele nos ama e deseja salvar Sua igreja.

Cada igreja também tinha uma cultura própria para seu tempo. Jesus Se apresentou como Aquele que podia ajudar cada uma delas em suas diferentes lutas e situações. Ele fez elogios, advertências e depois aconselhou. Cada mensagem é concluída com um apelo e uma promessa.

Ouvir e aceitar (Ap 22:16). Em cada uma das cartas às sete igrejas, há uma lição que Deus quer que apliquemos a nós mesmos. Não devemos nos contentar com o que somos nem com o que os outros pensam que somos. A onisciência de Deus é suprema. Ele conhece nosso coração e nossos motivos. Renuncie tudo o que o aprisiona, o que é valioso para você, e até o que parece ser bom mas está impedindo que você avance na carreira espiritual.

As cartas e mensagens não tinham necessariamente a intenção de evitar que sofrimentos e aflições sobreviessem às igrejas. Elas tinham o objetivo de inspirar confiança nos membros de que Deus estava ciente das suas aflições, contudo, se perseverassem na fé desfrutariam da recompensa final.

Cada cristão que estiver disposto a ouvir e atender à voz do Espírito, certamente, irá encontrar nessas cartas uma mensagem dirigida especificamente para sua vida. Em Apocalipse 22:16 encontramos o apelo final de Jesus, Ele disse: “Eu, Jesus, enviei o Meu anjo para dar a vocês este testemunho concernente às igrejas.” Precisamos dar ouvidos às mensagens de todas as igrejas.

Gary R. Wagner › Union Springs, Nova York, EUA

Mãos à Bíblia

3. Leia Apocalipse 2:18-29. Como Jesus Se apresentou a essas pessoas (veja também Dn 10:6)? Quais qualidades Ele elogiou na igreja, e qual questão a afligia? Complete as lacunas:

“Estas coisas diz o Filho de Deus, que tem os _______________________ como chama de fogo e os _______________________ semelhantes ao bronze polido: Conheço as tuas obras, o teu _______________________, a tua fé, o teu serviço, a tua _______________________ e as tuas últimas obras. […] Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher, Jezabel, […] não somente ensine, mas ainda seduza os Meus servos a praticarem a
_____________________________________ e a comerem coisas ______________________________________ aos ídolos”  (Ap 2:18-20).

Assim como ocorreu com a igreja em Pérgamo, a igreja em Tiatira foi pressionada a transigir com o ambiente pagão. O nome “Jezabel” se refere à esposa do rei Acabe, que levou Israel à apostasia (1Rs 16:31-33). Jesus a retratou como espiritualmente imoral. Aqueles que transigiram com a verdade e adotaram ideias e práticas pagãs e “impuras” estavam cometendo adultério espiritual com ela. A igreja em Tiatira simboliza a condição do cristianismo de 538 d.C. a 1565 d.C. O perigo não veio de fora da igreja, mas de dentro.

Pense Nisto
Qual dessas mensagens às igrejas parece ser dirigida especificamente para você? De que forma você a usará para se preparar para o Céu? Como você tem ouvido a voz do Espírito Santo em sua vida? Você tem ouvido com o filtro da cultura em que está inserido ou como a voz celestial?

TERÇA-FEIRA, 15 DE JANEIRO 2019 – O QUE CRISTO SE COMUNICA

Os nomes das sete igrejas são símbolos da igreja em diferentes períodos da era cristã. O número sete indica plenitude, e simboliza o fato de que as mensagens se estendem até o fim do tempo, enquanto os símbolos usados revelam o estado da igreja nos diversos períodos da história do mundo.

“É dito de Cristo que anda no meio dos castiçais de ouro. Assim é simbolizada a Sua relação para com as igrejas. […] Embora seja Sumo Sacerdote e Mediador no santuário celestial, Ele é apresentado andando de um para outro lado entre Suas igrejas na Terra. Com cuidado incansável e vigilância permanente Ele observa para ver se a luz de de Suas sentinelas está se tornando fraca ou se extinguindo. Se os castiçais fossem deixados ao cuidado meramente humano, sua trêmula chama enfraqueceria e morreria. Mas Ele é o verdadeiro Vigia da casa do Senhor, o verdadeiro Guarda dos átrios do templo. Seu assíduo cuidado e graça mantenedora são a fonte de vida e luz.

“Cristo é representado como tendo sete estrelas em Sua mão direita. Isso nos assegura de que nenhuma igreja fiel a seu encargo necessita temer o fracasso, pois nenhuma estrela que tem a proteção do Onipotente pode ser arrebatada da mão de Cristo.

“[…] As suaves influências que devem existir na igreja têm muito que ver com os ministros de Deus, os quais devem revelar o amor de Cristo. As estrelas do céu estão sob Seu controle. Ele as ilumina com Sua luz. Guia-as e dirige seus movimentos. Se Ele não fizesse isso, elas se tornariam estrelas caídas. Assim é com Seus ministros. Eles são apenas instrumentos em Suas mãos, e todo o bem que realizam é feito pelo meio de Seu poder. Por meio deles, Sua luz deve brilhar.”*

* Ellen G. White, Atos dos Apóstolos, p. 585, 586.

Jordan Wagner › Chattanooga, TN, EUA

Mãos à Bíblia

Sardes teve uma história gloriosa. Foi construída no topo de um monte íngreme e era quase inacessível/inconquistável/impenetrável. Visto que os cidadãos se sentiam tão protegidos, as muralhas da cidade eram guardadas de maneira negligente.

4. Leia Apocalipse 3:1-6, Mateus 24:42-44 e 1 Tessalonicenses 5:1-8. Quais são as três coisas que Jesus exortou os cristãos de Sardes a fazer para curar sua condição espiritual? Como Sua advertência para “vigiar” corresponde à história da cidade?

_______________________________________________________________________________________________

Pense Nisto
Não podemos ver Jesus face a face, hoje, mas cremos que Ele Se comunica com Seus fiéis. Como você poderia explicar isso a um amigo que não é cristão? Sua vida espiritual se parece mais com qual das igrejas do Apocalipse? Você precisa fazer alguma mudança? O que você pode fazer para mudar a trajetória que está seguindo?

QUARTA-FEIRA, 16 DE JANEIRO 2019 – CONHEÇA AS SETE IGREJAS

s sete igrejas do Apocalipse estavam localizadas na Ásia Menor e faziam fronteira com o Mar Negro, ao norte, com o Mar Egeu, a oeste, e com o Mar Mediterrâneo, ao sul. Hoje, essa região faz parte da Turquia moderna.

Conhecer a história dessas cidades nos ajuda a entender as características das igrejas estabelecidas nelas, os problemas espirituais e as mensagens descritas nos capítulos 2 e 3 do Apocalipse.

Localizada no cruzamento de uma rota comercial, Éfeso era famosa pelo templo de Ártemis (deusa Diana). Os cristãos dali começaram sua jornada cristã queimando todos os livros de feitiçaria (At 19:17-19) e tiveram a felicidade de possuir pastores responsáveis (At 20:28, NTLH). Esmirna (hoje, Izmir), um próspero porto comercial, localizava-se 65 km ao norte de Éfeso. Era famosa por sua cultura, arte e religião. Pérgamo (hoje, Bergama) ficava 65 km ao norte de Esmirna. Foi a capital do reino durante a dinastia atálida. Sardes, 80 km a leste de Esmirna, considerava-se imune a invasões. Em 546 a.C., Ciro tornou Sardes a capital de um estado da Pérsia. Os atenienses a incendiaram em 499 a.C, Alexandre, o Grande, a invadiu em 334 a.C., e Antíoco em 214 a.C.

Filadélfia estava localizada a apenas 45 km a sudeste de Sardes, nas planícies do rio Hermus. Hoje é conhecida como Allah shehr. Ali, ainda existem restos de paredes, templos e edifícios. Tiatira, uma pequena cidade localizada entre Pérgamo e Sardes, ficou famosa pela produção de tinta púrpura para tecidos. Lídia, mencionada em Atos 16, era de Tiatira.

Finalmente, Laodiceia, estava situada 90 km a sudeste de Esmirna. A cidade se tornou um importante centro bancário e importador de toda a região. Produzia vestes de lã preta e era sede de uma escola de medicina especializada em oftalmia (grave inflamação dos olhos).

Callie Neal › Moore, KS, EUA

Mãos à Bíblia

5. Leia Apocalipse 3:7-9. Como a maneira pela qual Jesus Se apresentou se relaciona à situação dessa igreja? Ele disse: “Tens pouca força” (Ap 3:8). O que essa declaração revela sobre a condição da igreja?

_______________________________________________________________________________________________

6. Leia Apocalipse 3:10-13. Quais são os indícios de que o tempo é curto e que a vinda de Jesus está se aproximando? Qual é a importância do nome de Deus ser escrito em Seu povo (2Tm 2:19)? Se um nome representa o caráter de uma pessoa, o que Êxodo 34:6 revela sobre aqueles que levam o nome de Deus?

_______________________________________________________________________________________________

Grandes reavivamentos ocorreram nas igrejas dos dois lados do Atlântico. Nos anos que antecederam 1844, a mensagem da breve vinda de Cristo foi proclamada em muitas partes do mundo. A promessa de escrever o nome de Deus nos vencedores indica que o caráter de Deus será visto em Seu povo. (veja Fp 1:6; Hb 10:16, 17).

 


QUINTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO 2019 – AS MENSAGENS TAMBÉM SÃO PARA NÓS

Embora cinco das sete igrejas tenham recebido repreensão, também receberam elogio por suas manifestações de fé.

Jesus advertiu Seus seguidores de que seriam odiados por causa de seu amor por Ele. Se seguirmos o conselho dado à igreja de Esmirna, não temeremos diante das provações. Se formos fiéis, mesmo em face da morte, receberemos a vida eterna.

Éfeso se esqueceu de seu primeiro amor e do fervor para pregar o evangelho. Será que não aconteceu isso com você também? Passar tempo orando e estudando a Bíblia é o caminho para estreitar o relacionamento com Cristo e reacender o entusiasmo do início da jornada cristã.

Tiatira demonstrou amor, fé, paciência e boas obras. Você aprecia o ministério que lhe foi confiado, de compartilhar Jesus? Você já avaliou se está demonstrando paciência e praticando boas obras? Os eventos sociais estão tirando seu foco? Isso está enfraquecendo sua fé? Adote o conselho dado a Sardes.

Laodiceia não recebeu nenhum elogio. Ela representa a última fase do cristianismo antes da segunda vinda de Cristo. Uma igreja que tem características espirituais negativas, como pobreza, cegueira e nudez. Mesmo assim, Jesus continua batendo à porta do nosso coração e pedindo para entrar. Ele nos aconselha a comprar colírio (Espírito Santo) para os olhos e, pela fé, nos vestir com as vestes da Sua justiça.

Se nos arrependermos e aceitarmos Seu poder redentor, seremos justificados diante de Deus. Não importa quanto nos desviemos do Salvador, Ele espera que retornemos aos Seus braços de amor e aceitemos Suas dádivas.

Randolph Farley, Cottonwood, KS, EUA

Mãos à Bíblia

A última igreja a quem Jesus endereçou Sua mensagem estava em Laodiceia, cidade rica, situada em uma importante estrada comercial da região. Era famosa por ter uma indústria de fabricação de lã, por seus bancos (que tinham grande quantidade de ouro) e por uma escola de medicina que produzia um colírio.

7. Leia Apocalipse 3:14-17 e Oseias 12:8. Como o espírito autossuficiente da cidade permeava os cristãos de Laodiceia?

_______________________________________________________________________________________________

8. Leia Apocalipse 3:18-22. Que conselho Jesus deu aos laodiceanos? O que o ouro, as vestes brancas e o colírio simbolizam (veja 1Pe 1:7; Is 61:10; Ef 1:17, 18)? O que esse conselho revela aos que se veem como a igreja de Laodiceia?

_______________________________________________________________________________________________

Pense Nisto
Qual das sete igrejas você acha que mais representa sua situação espiritual hoje? Como podemos aplicar em nossa vida as advertências, conselhos e apelos de reforma espiritual dados às sete igrejas sem parecermos legalistas?

SEXTA-FEIRA, 18 DE JANEIRO 2019 – O DEUS DA SEGUNDA CHANCE

A igreja de Éfeso era amorosa, paciente, benevolente e perseverante na fé. No entanto, com o passar dos anos, seus membros perderam o primeiro amor. Os de Pérgamo, durante um tempo, não negaram a fé. Na igreja de Sardes, os crentes que não se contaminaram permaneceram firmes na fé. Já os laodiceanos não receberam nenhum elogio, parece que nem mesmo percebiam que eram espiritualmente pobres, cegos e nus. Os cristãos de Esmirna e Filadélfia enfrentaram perseguição, entretanto, não falharam em seu testemunho. Eles não receberam reprovação, mas foram aconselhados a conservar a fé e permanecer fiéis até a morte.

Cinco das sete igrejas receberam reprovação. Elas se desviaram do evangelho verdadeiro e não realizaram a obra para a qual tinham sido designadas. No entanto, o Senhor não as rejeitou inteiramente, Ele as advertiu, aconselhou e apelou para que retornassem a Ele como fez tantas vezes com o povo de Israel.

Esses conselhos também são dirigidos a cada cristão, hoje. Eles incluem: arrependimento, fidelidade, conservação da fé, zelo e vigilância. As recompensas prometidas são: a coroa da vida, vestes brancas, um novo nome, assentar-se com Cristo no Seu trono e vida eterna.

Em sua jornada com Cristo, você já ficou cansado e se deixou distrair pelas coisas deste mundo? Já perdeu o primeiro amor que experimentou quando aceitou Cristo em sua vida? Tem sido ridicularizado por familiares ou amigos por causa de suas crenças? Lembre-se: cristãos que vieram antes de você já enfrentaram essas mesmas coisas.

O mundo em que vivemos está se tornando cada vez pior. Às vezes, parece que o inimigo está obtendo vitória de todos os lados. Mas precisamos nos lembrar de que a guerra entre o bem e o mal já foi ganha na cruz. Nossa força espiritual se fundamenta em nosso relacionamento com Cristo.

Deena Bartel-Wagner › Collegedale, TN, EUA

Mãos à Bíblia

Ouça o hino “Além do Rio” (HASD, 570). Medite e reflita na esperança que Deus nos reservou para aquele grande dia.

Encontre quatro versos bíblicos que falem sobre confiança na Palavra de Deus em meios às provações da vida.

Testemunhe a um amigo como Deus tem cuidado de você. Conte-lhe como o Senhor tem conduzido Seus fiéis ao longo da trajetória histórica da igreja.

Reflita em como Jesus tem trabalhado e dirigido a igreja que você frequenta.

Pense Nisto
Por que o envolvimento no evangelismo ajuda a fortalecer a fé?

 

sobre Portal da Escola Sabatina Online

O Portal da Escola Sabatina Online, Foi criado no dia 31 de Dezembro 2016 com o único intuito é incentivar a todos interessados a estudarem a LES e lhe concedendo a oportunidade de terem acessos diariamente pela via online. Todos os conteúdos do Portal é extremamente de máxima qualidade! Direção: Thiago A. de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique

Informativo das Missões (Adultos): Salvando Angola – 23 de Março 2019

Fazer DownloadImprimir  FAZER DOWNLOAD AQUI Download: Vídeo 120x720p (26 MB) Download: Vídeo 640x360p (8,5 MB) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Portal da Escola Sabatina Online

Seja Bem-Vindo(a), Estude diariamente as Lições da Escola sabatina da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

× Fale Conosco!