Novidades
Início / LIÇÃO JOVENS - 1° TRIMESTRE 2019 / Jovens: Lição 13 – “Faço Novas Todas as Coisas” – 23 a 30 de Março 2019

Jovens: Lição 13 – “Faço Novas Todas as Coisas” – 23 a 30 de Março 2019

image_pdfFazer Downloadimage_printImprimir

 



“Aquele que estava sentado no trono disse: – Agora faço novas todas as coisas! E também me disse: – Escreva isto, pois estas palavras são verdadeiras e merecem confiança” (Ap 21:5, NTLH).


PRÉVIA DA SEMANA

Os últimos quatro capítulos do Apocalipse oferecem o relato mais claro e detalhado da Bíblia acerca dos eventos que se darão pouco antes, durante e após a segunda vinda de Cristo. Concede aos leitores um vislumbre do futuro além da volta de Jesus: o milênio e a eternidade.


LEITURA ADICIONAL

Tratado de Teologia Adventista do Sétimo Dia (CPB), “A Nova Terra e o Reino Eterno”; Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia (CPB), v. 7, p. 988-994; Ellen G. White, O Grande Conflito, p. 674-678.


DOMINGO, 24 DE MARÇO 2019 – NOVO NOVAMENTE

Após minha família servir como missionária nas Filipinas durante cinco anos, estamos nos preparando para voltar à nossa terra natal. Quando nos mudamos para cá, meu irmão e eu ficamos um pouco apreensivos. Eu entendi que meus pais tinham dito que estávamos nos mudando para “a terra dos filisteus”! Vocês podem imaginar meu alívio quando compreendi que estávamos nos mudando para “o país dos filipinos”!

Quando chegamos, vimos que era melhor do que havíamos imaginado. Bem, pelo menos, até começar a ouvir alguns barulhos altos no telhado. Depois de alguns dias, descobrimos que tínhamos uma bênção adicional: nossa casa estava bem debaixo de uma enorme mangueira (o barulho era das mangas maduras caindo!). Creio que todos têm certa ansiedade ou apreensão quando têm que mudar para um novo lugar, mas, no fim, descobrimos que é melhor do que havíamos pensado. Temos oportunidade de fazer novos amigos e testemunhar para eles sobre nossa fé.

Na mudança, trouxemos muitas coisas, no entanto, algumas não duraram muito tempo. O clima, com sua alta umidade, tornou necessária a instalação de desumidificadores para que livros e outros pertences não se estragassem. Agora que estamos partindo, decidimos que seria melhor vender parte de nossas coisas em vez de levá-las de volta.

Nada neste mundo dura para sempre. Jesus disse: “Não acumulem para vocês tesouros na Terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e furtam” (Mt 6:19). Cedo ou tarde, todos também vamos morrer se Cristo não voltar em nossos dias.

A lição desta semana relembra as promessas bíblicas de que não haverá mais pecado, morte, sofrimento, e que estaremos com Jesus por toda a eternidade. Será um mundo totalmente novo!

Emma Campbell › Silang, Cavite, Filipinas

Mãos à Bíblia

1. Leia Apocalipse 19:6-9 e João 14:1-3. Por que a ceia das bodas ilustram adequadamente a tão aguardada união entre Cristo e Seu povo?

Depois de pagar o dote com Sua vida, no Calvário, o Noivo voltou à casa de Seu Pai para preparar um lugar para Seu povo, Seus convidados (veja Jo 14:2, 3). Eles permanecem na Terra se preparando para Seu retorno. No fim deste mundo de pecado, Ele retornará para levá-los à casa de Seu Pai.

EXPOSIÇÃO


SEGUNDA-FEIRA, 18 DE MARÇO 2019 – O FIM VIRÁ

A ceia do Cordeiro (Ap 19:6-9; Jo 14:1-3). A segunda vinda de Cristo é descrita como as bodas do Cordeiro, Cristo é o Noivo e a igreja, Sua noiva. Sendo o Noivo, Jesus prometeu que voltará para levar para a casa de Seu Pai (Jo 14:1-3) os santos que pertencem à Sua igreja. Lá, estaremos juntos, como uma única família, para todo o sempre!

A noiva deve estar preparada para as bodas. Esse preparo implica em se vestir com vestes finas, a justiça atribuída de Cristo que é a característica dos santos. “Pois chegou a hora do casamento do Cordeiro, e a Sua noiva já se aprontou. Foi-lhe dado para vestir-se linho fino, brilhante e puro. O linho fino são os atos justos dos santos. E o anjo me disse: ‘Escreva: Felizes os convidados para o banquete do casamento do Cordeiro’” (Ap 19:7-9). Não merecemos ser a noiva espiritual de Jesus, pois somos pecadores e Ele, um Ser divino imaculado. Contudo, o Salvador tornou possível esse casamento por meio do Seu sangue derramado na cruz.

O Armagedom e o fim (Ap 19:11-16). O Armagedom se refere à batalha final no grande conflito entre Cristo e Satanás. Ela envolve Jesus e Seu povo de um lado, e Satanás e seus seguidores do outro. Essa batalha, originalmente, começou no Céu (Ap 12:7-9) e continuará até o fim do grande conflito. Ela só terminará após o milênio, quando os ímpios, Satanás e seus anjos maus forem destruídos, e Jesus restaurar a Terra.

Apocalipse 19:11-16 descreve Jesus como o Noivo. Ele também é o Vencedor do grande conflito, o Herói da batalha, Rei dos reis e Senhor dos senhores. Ele é nosso Salvador, nosso Noivo, nosso Senhor e Rei. A vitória está garantida! Você não gostaria de permanecer do Seu lado até o fim?

O milênio (Ap 20:1-15; Jr 4:23-26). Jesus, o Noivo, estará com os santos no Céu. Eles passarão um período de mil anos juntos. Esse período é chamado milênio porque representa mil anos literais. De acordo com Apocalipse 20:1-15, esses são os acontecimentos que irão ocorrer antes, durante e depois do milênio:

Antes do milênio: Jesus volta, os justos mortos são ressuscitados, os justos vivos são transformados e levados para o Céu juntamente com os que foram ressuscitados. Os ímpios vivos morrem e os ímpios mortos permanecem na sepultura.

Durante o milênio: Satanás fica preso (cadeia de circunstâncias por não ter ninguém para tentar), os ímpios estão mortos, a Terra está destruída e desolada, os justos estão reinando com Cristo no Céu e realizando o juízo examinativo.

Após o milênio: os ímpios são ressuscitados, Satanás é solto (já tem a que tentar), Jesus e os justos descem à Terra, desce a Nova Jerusalém, Satanás e os ímpios se preparam para atacar a cidade e os justos. Então, ele e os ímpios são destruídos pelo fogo e a Terra é renovada.

Um novo céu e uma nova Terra (Gn 2; Ap 7:15-17; 21:2-8). Após o milênio, o Éden, conforme sua descrição em Gênesis 2, será finalmente restaurado. O capítulo 21 de Apocalipse descreve a beleza da Nova Jerusalém com ruas de ouro, portas de pérola, rios com água brilhante como cristal, muros ornamentados com pedras preciosas e o trono de Deus.

Todas as coisas que foram causadas e afetadas pelo pecado desaparecerão: “Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou” (Ap 21:4). O pecado nunca mais existirá. Nessa cidade, somente os justos habitarão. Os maus não farão parte dela. Deus estará no meio do Seu povo para sempre.

A Nova Jerusalém (Ap 21:9-22:5). Apocalipse 21 e 22 descreve a Nova Jerusalém. Nela não haverá noite, por causa do brilho da glória do Senhor. A Nova Jerusalém será o lugar das pessoas cujo nome está escrito no Livro da Vida. Nela, não entrarão os que enganam, os impuros e também “os que praticam feitiçaria, os que cometem imoralidades sexuais, os assassinos, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira” (Ap 22:15).

Você pode imaginar como será essa nova Terra? Que promessa maravilhosa a de que, através do dom da salvação, poderemos viver com o Senhor para sempre!

Richla Sabuin › Indonésia

Mãos à Bíblia

2. Leia Apocalipse 19:11-16. Qual é o nome do cavaleiro montado no cavalo branco, e o que significa o fato de que uma espada afiada sai de Sua boca? Como podemos estar do lado vencedor no fim?

O que vemos aqui é uma descrição da segunda vinda de Cristo, o cumprimento da promessa, tão almejado pelos cristãos de todos os séculos. Como Jesus, Seu povo tem fundamentado sua fé na Palavra de Deus. Apocalipse 19:11-16 é o ponto culminante das muitas vitórias de Jesus: Ele derrotou Satanás no Céu; Ele o derrotou no deserto; também o derrotou na cruz; e Ele o derrotará em Seu retorno.

Pense nisto

Como podemos nos preparar para a vinda de Jesus?

Você tem certeza de que está do lado do Cordeiro?

De que maneira podemos aprender a confiar em Jesus e saber que estaremos seguros nesse conflito?

Você tem medo do Armagedom?

TESTEMUNHO


TERÇA-FEIRA, 19 DE MARÇO 2019 – RESTAURADA A GLÓRIA ORIGINAL

Nos capítulos finais de O Grande Conflito, Ellen White escreveu sobre os últimos acontecimentos, quando a Nova Jerusalém descer à Terra. É um consolo saber que um gran finale aguarda os fiéis. A Nova Jerusalém está preparada para os que permanecerem ao lado do Cordeiro até o fim.

“Com indizível amor Jesus dá as boas-vindas a Seus fiéis: para ‘o gozo do teu Senhor’. O gozo do Salvador consiste em ver, no reino de glória, as pessoas que foram salvas por Sua agonia e humilhação. E os remidos serão participantes de Sua alegria, vendo eles, entre os bem-aventurados, os que foram ganhos para Cristo por meio de suas orações, trabalhos e sacrifícios de amor.”1

Quando Cristo voltar para levar Seu povo para o lar, eles serão restaurados por Deus ao seu estado original, no qual Ele planejava que permanecessem. O pecado não só lhes corrompeu a mente, mas deteriorou a forma original em que o ser humano foi criado. Deus, contudo, nos prometeu que restaurará as coisas à sua glória original. Essas repetidas promessas garantem que o mundo por vir será muito melhor do que o atual, e devem nos lembrar de que precisamos colocar as bem-aventuranças futuras acima dos prazeres temporais.

“Os justos vivos são transformados ‘num momento, num abrir e fechar de olhos’ (1Co 15:52). À voz de Deus eles foram glorificados; agora, tornam-se imortais, e com os santos ressuscitados, são arrebatados para encontrar seu Senhor nos ares. Os anjos ‘ajuntarão os Seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus’ (Mt 24:31, ARC). Crianças são levadas pelos santos anjos aos braços de suas mães. Amigos há muito separados pela morte, reúnem-se, para nunca mais se separarem, e com cânticos de alegria ascendem juntamente para a cidade de Deus.”2

A humanidade corrompida pelo pecado será afinal restaurada à sua glória original.

1. Ellen G. White, O Grande Conflito, p. 647.

2. Ibid., p. 645.

Jude Joshua Marandi › Ranchi, Índia

Mãos à Bíblia

3. Leia Apocalipse 20:1-3 e Jeremias 4:23-26. Durante o milênio, qual será o estado da Terra? Em que sentido Satanás estará acorrentado?

4. Leia Apocalipse 20:4-15. Onde estarão os santos durante o milênio?

Pense nisto

De que maneira o pecado corrompeu os seres humanos, desviando-nos do plano original de Deus?

De que maneira nosso mundo é diferente do mundo por vir?

Qual é seu maior desejo em relação ao reino celestial?

EVIDÊNCIA


QUARTA-FEIRA, 20 DE MARÇO 2019 – REINICIAR!

A mensagem mais fascinante do livro do Apocalipse é a promessa divina da restauração de tudo o que foi perdido quando tudo o que é mau for destruído. O sofrimento, a opressão, a dor e a morte findarão. Então, Deus apertará o botão “Reiniciar”.

“Até quando, ó Senhor, vão durar essas coisas?” Esse é o clamor dos santos sofredores que são incessantemente atacados por Satanás e suas hostes malignas. A resposta se encontra em Apocalipse 21:2-6,onde Deus promete não apenas pôr fim ao sofrimento, mas também criar “um novo céu e uma nova Terra”, em que o mal e suas consequências não mais existirão.

A disputa final na história deste mundo será entre duas cidades: Babilônia e Nova Jerusalém. A qual cidade você pertencerá? Babilônia, a Grande (Ap 14:8; 17:5 e 18:21), é o antro das falsas religiões e doutrinas que o Senhor repudia. O propósito dessa cidade é desviar sutilmente as pessoas da adoração ao verdadeiro Deus. Por outro lado, a Nova Jerusalém representa pureza, vida, alegria e cura, o que, na verdade, é a antítese de Babilônia. Quando você aceita o sacrifício expiatório de Cristo, você se torna um candidato a habitar na Nova Jerusalém.

Hoje, vivemos no reinado cataclísmico de Babilônia, a Grande. Seja por meio das filosofias da Nova Era e do pós-modernismo, da ideologia de gênero, da fé exagerada na tecnologia, da arte com base em fantasia, da insensibilidade diante da violência extrema ou da ética destituída de moralidade, a confusão se reflete em tudo que nos cerca.

À medida que se aproxima o fim, aproxima-se também o tempo de angústia. Babilônia alcançará, aparentemente, uma grandeza sem precedentes, e talvez até pareça invencível. Mas, no fim, Babilônia irá cair e a Nova Jerusalém será a vitoriosa. Então Jesus, nosso Senhor, fará novas todas as coisas! A disputa final leva a um novo começo!

Komal Nunfeli Swansi › Silang, Filipinas

Mãos à Bíblia

5. Leia Apocalipse 21:2-8 e 7:15-17. Quais paralelos existem na descrição da nova Terra e do Jardim do Éden, em Gênesis 2?

A presença de Deus com Seu povo garantirá uma vida sem sofrimento e sem morte na Terra renovada. Essa presença se manifestará na Nova Jerusalém, e o “tabernáculo de Deus” (Ap 21:3), onde Ele habitará entre Seu povo. A presença do Senhor tornará a vida na Terra renovada verdadeiramente um paraíso. A presença de Deus garantirá a libertação do sofrimento: não mais lágrimas, morte, tristeza, choro nem dor – tudo isso é consequência do pecado. Com a erradicação do pecado, “as primeiras coisas” terão passado (Ap 21:4).

APLICAÇÃO


QUINTA-FEIRA, 21 DE MARÇO 2019 – ELE ENXUGARÁ TODA LÁGRIMA

O sofrimento e as dificuldades são episódios inevitáveis na vida. Como cristãos, também não estamos livres das lutas terrestres, sejam doença, morte ou aflições. Entretanto, podemos encontrar consolo em Jesus, em Suas promessas e em Sua breve volta. O fato de ter essa esperança e reivindicar essas promessas certamente nos traz conforto. É assim que podemos experimentar, em primeira mão, a promessa de que não haverá lágrimas, morte, tristeza, choro e dor na nova Terra (Ap 21:4).

Lágrimas. Muitas vezes, as lágrimas são derramadas em consequência de sentimentos intensos de alegria ou tristeza. As lágrimas mencionadas em Apocalipse 21:4, são lágrimas causadas por intensa tristeza devido a aflições, dor ou morte. O fato de que Ele “enxugará […] toda lágrima” é a garantia de que Jesus, nosso Amigo, removerá a causa da tristeza, o pecado.

Morte. Em 1 Coríntios 15:55, lemos: “Onde está, ó morte, a sua vitória? Onde está, ó morte, o seu aguilhão?” Jesus venceu a morte na cruz, e na nova Terra não mais haverá morte. Não precisamos ficar tristes pela morte de alguém, porque ela é apenas um sono!

Tristeza. Experiências dolorosas causam tristeza, o falecimento de um ente querido, o rompimento de um relacionamento, o diagnóstico de uma doença, etc. Na eternidade as tristezas jamais existirão.

Choro. O choro é um pranto de angústia, dor ou aflição que chama a atenção para a situação da pessoa. Quando um bebê chora, você acalma a criança dando-lhe atenção imediata e procurando solucionar seu lamento. Deus fará exatamente isso quando o pecado, a dor e a morte forem eliminados na volta de Jesus.

Dor. É uma sensação desconfortável. Sua causa pode ser física, mental ou espiritual. Quando Deus fizer novas todas as coisas, nunca mais sentiremos dor, pois ela pertence a esta Terra de pecados.

Karan Kenneth Swansi › Silang, Filipinas

Rhea Joanna Marandi › Colégio Avondale, Austrália

Mãos à Bíblia

6. Leia Apocalipse 21:9-21. Quais são as características exteriores da nova Jerusalém?

A nova Jerusalém é referida como a noiva, a esposa do Cordeiro. Essa cidade é o lugar que Cristo está preparando para Seu povo (Jo 14:1-3).

7. Leia Apocalipse 21:21–22:5. Quais características interiores da cidade o fazem lembrar do Jardim do Éden? Qual é a importância da promessa de que não haverá mais maldição na cidade (Ap 22:3)?

A característica mais notável da nova Jerusalém é o rio da água da vida que flui do trono de Deus (veja Gn 2:10). Em contraste com o rio na Babilônia, em que o povo de Deus se assentava como cativos, com saudades de Jerusalém (Sl 137), nas margens do rio da vida na nova Jerusalém o peregrino povo de Deus de todos séculos encontra seu lar.

Pense nisto

Como lidar com as lágrimas, a morte e a dor em nossa vida?

Há alguma coisa pela qual você realmente deseja estar na Nova Terra?

OPINIÃO


SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO 2019 – A BELA E A FERA

A primeira seção de Apocalipse 12 descreve uma mulher grávida em trajes fulgurantes (v. 1, 2), o dragão (v. 3) e o Filho da mulher (v. 2) como personagens principais. O contexto do capítulo fala de uma batalha que teve início no Céu, mas foi transferida para a Terra. A mulher (a igreja cristã) estava para dar à luz o Filho (Jesus), e o dragão (Satanás) quis devorá-Lo. A mulher, então, fugiu para o deserto (v. 5, 6), longe das garras do dragão.

A figura da mulher grávida, vestida de sol, com uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça, e a lua por debaixo dos pés simboliza a igreja de Deus, estabelecida por Jesus (Is 54:5, 6; Jr 3:20; 6:2; Ez 16:8-14; Os 1-3; Gl 4:26). O sol, como vestimenta, simboliza a justiça de Cristo que reveste Sua igreja (Ml 4:2). A imagem de roupas aparece também em Isaías 61:10: “É grande o meu prazer no Senhor! Regozija-se a minha alma em meu Deus! Pois Ele me vestiu com as vestes da salvação e sobre mim pôs o manto da justiça, qual noivo que adorna a cabeça como um sacerdote, qual noiva que se enfeita com joias”. Uma vez que a lua reflete a luz do sol, a lua simboliza o “sistema mosaico do santuário no Antigo Testamento”, que apontava para Cristo, no futuro.* As doze estrelas é uma referência aos doze apóstolos por meio dos quais Cristo estabeleceu Sua igreja.

Apocalipse 12 descreve o grande conflito no passado, no presente e no futuro em que o povo de Deus se encontra envolvido. Revela quem é seu principal adversário: o dragão, a antiga serpente, o diabo (v. 9). Assim, Apocalipse 12 é fundamental para que entendamos o resultado final do conflito cósmico entre Cristo e Satanás.

* Uriah Smith, The Prophecies of Daniel and Revelation [Nashville, TN: Southern Publ. Ass., 1946], p. 549.

Ashley Natasha Odhiambo › Filipinas

Mãos à obra

Ouça a música “Não Mais Dor”, em https://www.youtube.com/watch?v=6IJGOaUkWEs. Imagine quando todas as coisas deste mundo passarem e Deus fizer tudo novo…

Faça uma lista das ocasiões em que o povo de Deus foi oprimido por outros poderes, mas perseverou em meio à adversidade

Ore pelos missionários ao redor do mundo que estão levando a Palavra de Deus.

Pense em maneiras de compartilhar com alguém o amor de Deus por meio das mensagens do Apocalipse.

Pense nisto

De que maneira podemos ser puros como a mulher descrita em Apocalipse 12?

Como as lutas que você enfrenta se encaixam no panorama geral desse conflito cósmico?

Você consegue ver em meio aos seus conflitos a batalha entre as forças espirituais do bem e do mal?

sobre Portal da Escola Sabatina Online

O Portal da Escola Sabatina Online, Foi criado no dia 31 de Dezembro 2016 com o único intuito é incentivar a todos interessados a estudarem a LES e lhe concedendo a oportunidade de terem acessos diariamente pela via online. Todos os conteúdos do Portal é extremamente de máxima qualidade! Direção: Thiago A. de Oliveira - Baixo Guandu/ES.

Além disso, verifique

Informativo das Missões (Adultos): Salvando Angola – 23 de Março 2019

Fazer DownloadImprimir  Paulo deixou a mãe extremamente zangada, quando abandonou o emprego e decidiu evangelizar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Portal da Escola Sabatina Online

Seja Bem-Vindo(a), Estude diariamente as Lições da Escola sabatina da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

× Fale Conosco!